Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
SEM SOBREVIVENTES

Helicóptero onde estava enfermeira de MS é localizado

03 junho 2015 - 11h56

A FAB (Força Aérea Brasileira) confirmou, nesta quarta-feira, dia 03 de junho, ter localizado “sem indícios de sobreviventes” o helicóptero que estava desaparecido no estado do Amazonas. Dentre os cinco ocupantes da aeronave estava a enfermeira sul-mato-grossense Luiza Fernandes Pereira, 48 anos.

O aparelho, modelo AS-355N, desapareceu durante voo na última sexta-feira, dia 29 de maio, entre os municípios amazonenses de Atalaia do Norte e Tabatinga. Ele era utilizado para transporte de pacientes pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e a Casa de Saúde Indígena (Casai).

Indícios do helicóptero foram localizados no pôr-do-sol desta terça-feira (2), a cerca de 40 quilômetros sudoeste de Tabatinga, destino final do voo. Condições meteorológicas, no entanto, impediram confirmação realizada hoje com o desembarque de equipes de resgate no local.

“Um helicóptero H-60 Black Hawk da Força Aérea Brasileira desembarcou equipes de resgate no local, que puderam confirmar que se tratava dos destroços do PR-ADA. Até o momento, não há indícios de sobreviventes”, informou em nota a FAB.

Cerca de 30 militares, com auxílio de um helicóptero H-60 Black Hawk e uma aeronave C-130 Hércules, estiveram envolvidos na missão de busca cobrindo área de 4.315 km². Integrantes da Defesa Civil de Tabatinga, do Exército e mateiros da região reforçaram equipes em solo.

“Uma equipe do Sétimo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA VII) foi deslocada para o local para iniciar as investigações dos fatores contribuintes para o acidente”.

###DESAPARECIDO
O helicóptero que transportava Luiza e outras quatro pessoas desapareceu do espaço aéreo, conforme a Defesa Civil de Atalaia do Norte, por volta das 18h30 (20h30 de Brasília) de sexta-feira.

Na ocasião, além do piloto, eram transportadas na aeronave a gestante Marcelina Cruz dos Santos e sua acompanhante Marcelina da Silva de Souza, assim como outra paciente identificada como Luciana Guedes do Carmo e a enfermeira sul-mato-grossense.

A namorada do piloto confirmou ao portal G1 que falou com ele por telefone cerca de 10 minutos antes do pouso e depois não obteve mais contato. O comunicado do desaparecimento só foi confirmado às 20h30 (22h30 em Brasília) pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidente Aeronáuticos (Seripa-7).

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Morto a tiros em lanchonete teria conversado com a ex do assassino
SUPREMO
Celso de Mello antecipa aposentadoria e deixará STF em 13 de outubro
JUSTIÇA
Motorista embriagado deve indenizar vítima de acidente de trânsito
SEGUE INTERNADO
Motorista baleado durante golpe do falso frete é de Dourados
ELIMINATÓRIAS
Matheus Cunha é convocado para seleção na vaga de Gabriel Jesus
POLÍCIA
Caminhoneiro de Dourados morre ao capotar na serra de Maracaju
MS
Veículos apreendidos com drogas são leiloados virtualmente
PANDEMIA
Número de douradenses com vírus da Covid ativo sobe 60% em dez dias
ECONOMIA
Dólar fecha em queda após bater R$ 5,60
POLÍCIA
Adolescente invade casa, ameaça homem com faca e leva celular e dinheiro

Mais Lidas

PANDEMIA
Novo decreto diminui toque de recolher e libera venda de bebidas em bares até as 23h
ACIDENTE
Mulher envolvida em acidente no Centro ficou presa às ferragens de veículo
PROSSEGUIR
Governo atualiza mapa da Covid e Dourados volta para "bandeira vermelha"
POLÍCIA
Homem morre ao tentar invadir delegacia de Glória de Dourados