Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020
(67) 99659-5905
BRASIL

Guedes diz que abertura da economia será gradual

20 novembro 2019 - 15h50Por Agência Brasil

O processo de abertura da economia brasileira será gradual, afirmou hoje (20), o ministro da Economia, Paulo Guedes, após almoço com a Frente Parlamentar da Química, em Brasília, que reúne parlamentares ligados à indústria química.

“Eu estava dizendo aos parlamentares, e também aos industriais, que não se assustem com esses acordos comerciais que estamos conduzindo. Isso é um processo gradual. Não vamos soltar a indústria estrangeira em cima da indústria nacional antes de nós simplificarmos impostos. Reduzimos os juros, tudo isso estamos fazendo. É uma abertura gradual. É irreversível, mas vai ser gradual e vai ser feita em cima de energia barata, de custos de logísticas mais baratos”, disse.

Segundo o ministro, o governo trabalha para reduzir impostos e custos de logística para reindustrializar o país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Incêndio destroi casa em Fátima do Sul
ESPORTES
Wellington Silva, do Fluminense, testa positivo para Covid-19 e está fora da final do Carioca
REGIÃO
Metade dos leitos de UTI de MS está ocupado
CAMPO GRANDE
Festa com 80 pessoas em plena pandemia é finalizada pela Guarda
MS
Jovem morre após namorado capotar carro em Campo Grande
PANDEMIA
Secretário alerta que pessoas com covid-19 devem procurar hospital ao menor sinal de piora do quadro
MS E OUTROS ESTADOS
Ministério certifica instituições por contratar quase 17 mil presos
PANDEMIA
Morre ex-deputado Nelson Meurer, condenado na Lava Jato e internado por Covid-19
REGIÃO
Homem é autuado em quase R$ 10 mil por derrubada de árvores ilegal
ESTADO
Governo divulga passo a passo para servidor fazer exame de coronavírus pelo plano de saúde

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
PANDEMIA
Em dia com quase 100 novos casos, Dourados tem mais uma morte por coronavírus
PANDEMIA
Pesquisadores veem medidas sem efeito e sugerem lockdown em Dourados