Menu
Busca quarta, 21 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
CASA PRÓPRIA

Governo autoriza contratação de 54 mil unidades do Minha Casa, Minha Vida

07 novembro 2017 - 07h52Por Agência Brasil

O Ministério das Cidades autorizou a contratação de 54.089 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida. Os imóveis poderão ser adquiridos com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). A lista com as propostas habilitadas para aquisição de imóveis foi publicada nesta segunda-feira, dia 06 de novembro, no Diário Oficial da União.

Os proponentes terão 30 dias para comprovar informações preenchidas nos Formulários de Qualificação Inicial, 90 dias para apresentar anteprojeto e estudo de viabilidade do empreendimento e 180 dias para reunir todas as condições necessárias à contratação do empreendimento.

As novas contratações fazem parte do segundo lote de moradias do Minha Casa, Minha Vida e beneficiará famílias que se enquadram na Faixa 1 do programa, ou seja, com renda mensal de até R$ 1,8 mil.

O ministro das Cidades, Bruno Araújos, ressaltou que as novas contratações garantem a geração de emprego no país, a movimentação do comércio nas cidades atendidas. "E a manter vivo para mais de 300 mil pessoas que vão ser atendidas com essas novas residências o sonho de receber a sua casa própria."

"Essa faixa do programa atende às pessoas mais pobres, e não haveria outra forma de elas terem habitação que não fosse pela Faixa 1 do programa", disse Araújo à Agência Brasil.

Balanço

De acordo com o Ministério das Cidades, neste ano já foram autorizadas 92.304 unidades. A meta para o ano é 100 mil. "Esse espaço, de 8 mil [unidades], eventualmente ainda pode ser alcançado com autorizações que podem vir a acontecer em contratações habitacionais em áreas de calamidade ou em excepcionalidades que estão sendo analisadas por parte do ministério", disse o ministro das Cidades, Bruno Araújo.

Além das autorizações anunciadas nesta segunda-feira, em junho, foram autorizadas 25.664 contratações. Segundo a pasta, somadas, as autorizações representam um investimento de R$ 6,31 bilhões do Tesouro. Ao todo, 320 mil pessoas serão atendidas em 337 municípios brasileiros.

Além dessas autorizações, a pasta contabiliza a participação em 12.551 contratações feitas por prefeitos e governadores no âmbito dos contratos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) de mobilidade e saneamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tio-avô prende menino de dois anos com coleira de cachorro e filma
PRESIDENTE INVESTIGADO
STF escolhe o novo relator do inquérito sobre Bolsonaro e Moro
JUSTIÇA
Juiz concede prisão domiciliar a mulher que entregou depósito de ‘skunk’
ANIVERSÁRIO
Curso de Direito da UFGD completa 20 anos e recebe moção da OAB-MS
POLÍCIA
Dado como desaparecido, motorista de aplicativo estava em corrida
BRASIL
Senado aprova indicação do ministro Jorge Oliveira para vaga no TCU
CAPITAL
Menino de 3 anos que se afogou em piscina está em estado gravíssimo
EDUCAÇÃO
Arelin/UEMS: Inscrições abertas para Curso sobre cultura libanesa
Após enviar nudes a estranhos, homem passa a ser extorquido
STJ
Justiça rejeita recursos de Lula das operações Lava Jato e Spoofing

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente entre carreta e motocicleta mata mulher na BR-163
HOMICÍDIO EM 2013
Condenada pela morte do ex em Dourados é presa na Capital
DOURADOS
Motorista bêbado causa acidente em semáforo da Avenida Marcelino Pires
CONTRABANDO
Depósito de cigarros paraguaios é desarticulado após denúncia em Dourados