Menu
Busca quarta, 28 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
HABEAS CORPUS

Gilmar Mendes suspende transferência de Cabral para presídio de MS

31 outubro 2017 - 11h21Por G 1

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu um habeas corpus ao ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) para impedir que o peemedebista seja transferido para o presídio federal de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

A transferência foi autorizada pelo juiz federal Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Rio, depois de Cabral mencionar em uma audiência que a família do magistrado teria entrosamento com bijuterias. Bretas repreendeu Cabral, alegando que havia se sentido ameaçado.

Segundo Gilmar Mendes, não há justificativa para a transferência e a informacão sobre as bijuterias foi levada à imprensa pela própria família do juiz, não demonstrando a ameaça.

Outro pedido semelhante foi negado pelo Superior Tribunal de Justiça na semana passada. Os advogados pedem que Cabral seja mantido na cadeia pública José Frederico Marques, em Benfica, na zona norte do Rio, até o Supremo julgar o mérito do habeas corpus.

A defesa de Cabral alegou no pedido de habeas corpus que o próprio Bretas afirmou a um jornal que sua família atuava no ramo de bijuterias e, por esse motivo, não se tratava de uma “informação privilegiada”.

Ainda conforme os advogados do ex-governador, há dez presos perigosos do Rio de Janeiro abrigados no presídio de segurança máxima de Mato Grosso do Sul, dentre os quais estão transferidos por Cabral quando era governador.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Enteado ameaça idoso e diz “vou sair da cadeia rapidinho e te matar”
RIO DE JANEIRO
Fogo em hospital mata 2 pacientes com Covid; 200 são transferidos
CHAPADÃO DO SUL
Homem que ameaçou arrancar cabeça da esposa esfaqueia amiga dela
FUTEBOL
Coutinho é cortado, e Tite convoca Lucas Paquetá para as Eliminatórias
AQUIDAUANA
Polícia evita suicídio de jovem que se jogaria da ponte de rio
SEGURANÇA
Eleições: TSE aprova envio de forças federais para Mato Grosso do Sul
POLÍCIA
Mulher que obrigava filha a se prostituir responderá por dois crimes
JUDICIÁRIO
Justiça adia decisão sobre afastamento de Ricardo Salles de ministério
CAARAPÓ
Polícia Civil prende ladrão em flagrante logo após o crime
JUSTIÇA
Universidade que descumpriu parcelamento deve indenizar estudante

Mais Lidas

GRANDE DOURADOS
Cobertura de barracão de cerealista ‘voa’ com o vento; veja vídeo
DOURADOS
Guarda encerra festa organizada por adolescente em plena pandemia, apreende droga e até arma artesanal
DOURADOS
Délia decreta emergência por causa de danos provocados pela tempestade
TEMPESTADE
Chuva e ventos de 46km/h derrubam árvores e levam sujeira às ruas de Dourados