Menu
Busca sábado, 05 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
MEDIDA

Gilmar Mendes mantém presos os irmãos Joesley e Wesley Batista

23 setembro 2017 - 07h30

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes negou hoje (22) o pedido de liberdade aos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da J&F, presos preventivamente na semana passada por uma decisão da Justiça Federal em São Paulo.

A soltura dos acusados foi decidida pelo ministro no caso em que os irmãos Batista são acusados crime de insider trading [informação privilegiada], sob a suspeita de usarem informações obtidas por meio de seus acordos de delação premiada, para venderem e comprarem ações da JBS no mercado financeiro.

Na decisão, Gilmar Mendes entendeu que o habeas corpus não pode ser analisado pelo STF antes da uma decisão de mérito de outros pedidos que estão em tramitação nas instâncias inferiores da Justiça.

Gilmar Mendes julgou o pedido de habeas corpus feito pela defesa dos acusados após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitar o mesmo pedido. Na sessão de quinta-feira (21), os ministros da 6ª Turma da Corte decidiram manter a prisão dos acusados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMUNIZAÇÃO
Rússia começa a vacinar principais grupos de risco contra covid-19
Aced questiona prefeitura e diz que horário estendido evita aglomeração no comércio
DOURADOS
Aced questiona prefeitura e diz que horário estendido evita aglomeração no comércio
LOTERIA
Com maior premiação da história alcançada, Loteca pode pagar R$ 5,7 mi na segunda
Em 24h, MS confirma quase 1,3 mil novos casos e 9 mortes por Covid-19
PANDEMIA
Em 24h, MS confirma quase 1,3 mil novos casos e 9 mortes por Covid-19
BODOQUENA
Acidente que matou dois em rodovia aconteceu durante tentativa de ultrapassagem
PORTO MURTINHO
Mulher morre após marido perder controle de moto e cair
DOBRADINHA
Articulação com o governo garante ligação asfaltada a bairro de Dourados
BALANÇO
Apreensões de drogas em MS ultrapassam 700 toneladas
PANDEMIA
Infectologista ressalta pesquisas científicas e diz que estamos vivendo o pior momento da Pandemia
FEMINICÍDIO
Mulher é assassinada a facadas e suspeito também teria matado a mãe dela há dois anos

Mais Lidas

DOURADOS
Novo decreto não autoriza horário estendido do comércio em dezembro
TRÊS LAGOAS
Mãe vê menina com vizinho ao chegar do trabalho e descobre estupro
ECONOMIA
Pessoas que receberam auxílio emergencial irregular serão cobradas por SMS
PANDEMIA
Com novo óbito, Dourados confirma sexta morte por Covid em quatro dias