Menu
Busca sábado, 06 de março de 2021
(67) 99257-3397
PANDEMIA

Fiocruz aplica as primeiras doses da vacina de Oxford vinda da Índia

23 janeiro 2021 - 19h00Por G1 Rio

A Fiocruz começou, neste sábado (23), as primeiras imunizações com a vacina da Oxford/AstraZeneca. Os primeiros vacinados foram os infectologistas Estevão Portela e Margareth Dalcomo.

A cerimônia ocorreu de forma simbólica, horas depois do desembarque de 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca no Rio.

O carregamento foi produzido no Instituto Serum, na Índia, e passou por um procedimento de análise de segurança na Fiocruz antes de ser liberado ao Ministério da Saúde, que vai distribuí-lo aos estados. até domingo (24).

Logo após ser vacinada, Dalcomo disse que o país poderá celebrar — de verdade — quando tiver uma cobertura vacinal significativa.

"Pensei que vai chegar um dia que realmente poderemos comemorar. Hoje é um dia simbólico. Nós vamos comemorar de verdade quando tivermos 70% da população vacinada", disse Dalcomo.

A especialista aproveitou o momento para homenagear os profissionais da Saúde que "passam por momentos dificílimos" na linha de frente.

Ela repetiu que todas as vacinas aprovadas são seguras e estimulou a população a confiar na ciência.

"Qualquer movimento que desestimule a população ou as pessoas a não tomarem a vacina, que é a única solução capaz de interromper a cadeia de transmissão e controlar uma pandemia desta magnitude, está fazendo um desserviço, uma desumanidade. Algo injustificável. Considero os movimento anti vacina marginais e sem nenhuma possibilidade de defesa", criticou.

Liberação das vacinas na Fiocruz

À noite e pela madrugada, após a longa viagem da Índia para o Brasil, as vacinas passaram por uma avaliação de temperatura para verificar se estavam nas condições perfeitas.

De manhã, as caixas foram etiquetadas. Cada uma delas tem 50 frascos e 500 doses de vacina.

Também nas primeiras horas deste sábado (23), o Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz) coletou amostras para análise de protocolo e liberação do produto para o Programa Nacional de Imunizações (PNI) distribuí-la pelo país.

As vacinas de Oxford farão parte do PNI, que é coordenado pelo Ministério da Saúde e começou no dia 17 de janeiro com 6 milhões de doses da CoronaVac. Nesta sexta (22), outras 4,8 milhões de doses da CoronaVac foram aprovadas para uso emergencial no Brasil.

No desembarque da Índia, ainda na pista, a aeronave foi recebida numa cerimônia de "batismo" por dois caminhões do Corpo de Bombeiros, que esguicharam água no avião.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Temporada de pesca começa com alto índice de conscientização ambiental
MEIO AMBIENTE
Temporada de pesca começa com alto índice de conscientização ambiental
Aiatolá iraquiano diz ao papa que cristãos deveriam viver em paz
INTERNACIONAL
Aiatolá iraquiano diz ao papa que cristãos deveriam viver em paz
Paranaense é autuado em R$ 5 mil por construir estrada sem autorização ambiental
REGIÃO
Paranaense é autuado em R$ 5 mil por construir estrada sem autorização ambiental
FRONTEIRA
Moradora acorda com barulho e encontra janelas 'furadas de bala'
Dourados tem mais de 40 pessoas internadas em UTI's com Covid
PANDEMIA
Dourados tem mais de 40 pessoas internadas em UTI's com Covid
FUTEBOL
Pelo Carioca, Flamengo recebe o Macaé no Maracanã
NOVA ANDRADINA
Dupla é presa por tráfico, direção perigosa, desobediência e infração de medida sanitária
PORTO MURTINHO
Pecuarista é autuado em R$ 90 mil por desmatar vegetação em área protegida
PANDEMIA 
Em seis dias, MS registrou quase 80 óbitos por coronavírus
FUTEBOL
Paulistão tem clássico San-São neste sábado

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
DIÁRIO OFICIAL
Guarda municipal de Dourados condenado por tráfico em SP é demitido
MATO GROSSO DO SUL
Ministro da Justiça lamenta morte de coronel Adib e posta foto antiga do GOF