Menu
Busca sexta, 15 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Fetems vai à Brasília na luta pelo Piso Salarial

25 março 2008 - 08h29

O presidente da Fetems professor Jaime Teixeira e a vice-presidente Deumeires Batista estão em Brasília (DF), para entregar a cada um dos deputados federais de Mato Grosso do Sul o pedido para que votem a favor da instituição do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN), última etapa a ser percorrida na Câmara dos Deputados antes de seguir ao Senado.

A iniciativa do corpo a corpo da Fetems, que representa mais de 20 mil trabalhadores

em educação Sul-Mato -Grossenses, foi decidida em uma plenária por 1129 delegados/as sindicais durante o 24º Congresso Estadual dos Trabalhadores em Educação que aconteceu em Coxim (MS) de 6 a 9 de março.

Na última semana, após a mobilização nacional do dia 14, o piso foi aprovado por unanimidade pela Comissão de Finanças e Tributação. Isso significa que a concretização da luta histórica de mais de dois milhões de profissionais da educação pública do país está bem mais próxima de ser atendida.

A Fetems comemora o resultado da votação, mas reafirma que o piso tem pressa. A Medida Provisória 339/06 que regulamentou o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), estipulou prazo para que o piso do magistério entrasse em vigor - janeiro de 2008. Já estamos na segunda quinzena de março e a matéria ainda se encontra no Congresso.

O projeto que tramita no Congresso prevê remuneração de R$ 950 para os profissionais com jornada mínima de 40 horas semanais. Não se trata de um valor ideal, mas estabelece um mínimo, uma vez que hoje são praticados em todo o Brasil cinco mil diferentes pisos salariais. A
Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e a Fetems defendem um salário digno para que os/as trabalhadores/as em educação possam ter melhores condições de vida.
 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeito paraguaio diz que 'polícia encobre o autor de chacina
FRONTEIRA
Prefeito paraguaio diz que 'polícia encobre o autor de chacina
'LOREM IPSUM'
Governo Bolsonaro faz post sem conteúdo sobre mil dias de gestão
PMA recolhe filhotes de beija-flor que caíram com ninho durante ventania
MEIO AMBIENTE
PMA recolhe filhotes de beija-flor que caíram com ninho durante ventania
CORTE DE VERBA
Bolsonaro sanciona lei que retira mais de R$ 600 milhões da ciência
Prefeitura de Naviraí interdita ponte por conta de risco de desabamento
REGIÃO
Prefeitura de Naviraí interdita ponte por conta de risco de desabamento
CULTURA
Festival de dança valoriza a melhor idade e promove a confraternização
VIOLÊNCIA
Diretor-adjunto é condenado por estuprar criança de 10 anos em escola
DOURADOS
Incubadoras da UFGD selecionam propostas de novos empreendimentos
CAPITAL
Ao se negar entregar celular a ladrão, menina de 12 anos é esganada
VACINA
Saúde reduz intervalo da AstraZeneca de 12 para 8 semanas

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia indicia três e recupera R$ 32 milhões de golpe milionário em empresa
FRONTEIRA
"Olheiro" de vítimas da chacina em Pedro Juan é preso
VIOLÊNCIA
Ataque na fronteira deixa um morto e dois feridos, entre eles vereador
CLIMA
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados e causam estragos em posto da PRF