Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Família brasileira desiste de lutar por guarda de Sean

23 dezembro 2009 - 17h00


O advogado da família brasileira do menino Sean Goldman, 9 anos, afirmou nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, que não vai mais brigar na Justiça contra a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, que cassou liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello e determinou a entrega do garoto ao pai, o americano David Goldman. A decisão de Mendes é preliminar e precisa da aprovação do Plenário, porém é de caráter imediato, o que permitirá que Goldman volte com Sean aos Estados Unidos.
"Seria inútil tentarmos qualquer medida agora. Vamos negociar com a AGU (Advogacia Geral da União) uma forma de transição o menos traumática possível", disse Sérgio Tostes.
A guarda de Sean era disputada desde a morte da mãe do menino, Bruna Bianchi, no ano passado. A questão envolve o pai americano, que chegou ao Brasil na semana passada, e o padrasto, o advogado João Paulo Lins e Silva, com quem o menino vive no Rio de Janeiro. No dia 16, o Tribunal Regional Federal da 2ª Região determinou que a guarda de Sean deveria ficar com o pai biológico e que o menino deveria retornar aos Estados Unidos 48 horas após a decisão.
A Advocacia Geral da União (AGU) e Goldman apresentaram, na semana passada, dois mandados de segurança com pedido de liminar questionando a decisão de Mello, que havia determinado no dia 17 a permanência do menino no Brasil. Uma liminar concedida por Mello no mesmo dia impediu a entrega do menino a Goldman, derrubada por Mendes. Cabe ao presidente do STF analisar questões urgentes no período de recesso, que começou no dia 20 de dezembro e termina no dia 1º de janeiro.
iniciaCorpo("15;12;16;13;17;14;18;15");

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEPUTADO, EMPRESÁRIO E BLOGUEIRO ALVOS
PF cumpre mandados judiciais em investigação sobre fake news
FRIO
Embrapa apurou condições favoráveis a ocorrência de geada na região
DOURADOS
Prefeitura vai pagar mais de R$ 1 milhão sem licitação a Hospital para usar leitos
COMER BEM
Dona Neide Marmitaria: agora com mais opções para seus clientes
SAÚDE
Especialista do ‘Casal Grávido’ fala sobre protagonismo paterno na gestação
APÓS PRORROGAÇÃO
Prazo de inscrição no Enem 2020 termina nesta quarta-feira
ITAQUIRAÍ
Polícia prende 4 traficantes e encontra 307 quilos de drogas em assentamento
SELEÇÃO
SES encerra inscrições para contratação de 31 profissionais da saúde
ECONOMIA
Câmara aprova MP que aumenta salário mínimo para R$ 1.045
SAÚDE
Mais um servidor da Penitenciária de Dourados é diagnosticado Covid-19

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher