Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
BRASIL

Ex-médico Roger Abdelmassih é preso no Paraguai

19 agosto 2014 - 14h43

O ex-médico Roger Abdelmassih foi preso nesta terça-feira (19) em Assunção, capital do Paraguai, de acordo com a Polícia Federal. Ele foi preso por agentes ligados à Secretaria Nacional Antidrogas do governo paraguaio com apoio da Polícia Federal brasileira.

Segundo a PF, após o procedimento de deportação sumária, Abdelmassih dará entrada no Brasil por Foz do Iguaçu (PR), cidade na fronteira com o Paraguai, e posteriormente será transferido para São Paulo.

O ex-médico, especialista em reprodução humana, era um dos homens mais procurados do estado de São Paulo. . A recompensa por informações sobre seu paradeiro era de R$ 10 mil.

Condenação

Em 23 de novembro de 2010 a Justiça o condenou a 278 anos de reclusão. Ele é acusado por 35 pacientes que disseram ter sido atacadas dentro da clínica na Avenida Brasil. Ao todo, elas acusaram o médico de ter cometido 56 estupros.

Abdelmassih não foi preso logo após ter sido condenado porque um habeas corpus do Superior Tribunal de Justiça (STJ) dava a ele o direito de responder em liberdade.

O habeas corpus foi revogado pela Justiça em janeiro de 2011, quando ex-médico tentou renovar seu passaporte, o que sugeria a possibilidade de que ele tentaria sair do Brasil. Como a prisão foi decretada e ele deixou de se apresentar, passou a ser procurado pela polícia.

Em maio de 2011, Abdelmassih teve o registro de médico cassado pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo.

O ex-médico sempre alegou inocência. Chegou a dizer que só ‘beijava’ o rosto das pacientes e vinha sendo atacado por um "movimento de ressentimentos vingativos". Mas, em geral, as mulheres o acusaram de tentar beijá-las na boca ou acariciá-las quando estavam sozinhas --sem o marido ou a enfermeira presente. Algumas disseram ter sido molestadas após a sedação. De acordo com a acusação, parte dos 8 mil bebês concebidos na clínica de fertilização também não seriam filhos biológicos de quem fez o tratamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INCLUSÃO
Dourados realiza "I Semana Municipal da Pessoa Surda: Cultura e Diversidade"
"Opera MS" deve começar em outubro com R$ 140 milhões para exames e cirurgias eletivas
FIM DA FILA
"Opera MS" deve começar em outubro com R$ 140 milhões para exames e cirurgias eletivas
Companhia aérea terá três voos diretos saindo de MS com destino ao Nordeste
TURISMO
Companhia aérea terá três voos diretos saindo de MS com destino ao Nordeste
Duas viaturas e quatro motos são entregues para a PM em Dourados
SOLENIDADE
Duas viaturas e quatro motos são entregues para a PM em Dourados
Blitz usa cultura e entretenimento para falar sobre educação no trânsito 
DOURADOS 
Blitz usa cultura e entretenimento para falar sobre educação no trânsito 
DOURADOS
Motivo de reclamações, parquímetro vira alvo de investigação pelo Ministério Público
NOVA ANDRADINA
Homem toca festa de aniversário, incomoda vizinhança e vai parar na delegacia
FOMENTO
Governo reabre inscrições do Programa "Incentiva+MS Turismo"
MATO GROSSO DO SUL
Saúde vai propor mutirão de sete dias para aplicar 275 mil doses contra Covid
ORDEM DO DIA
Abril Azul de conscientização sobre espectro autista segue à sanção

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina