Menu
Busca quarta, 28 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
POLÍTICA

Ex-governador de Minas Francelino Pereira morre aos 96 anos em BH

21 dezembro 2017 - 12h20Por G 1

Morreu nesta quinta-feira, dia 21 de dezembro, o ex-governador de Minas Gerais Francelino Pereira (DEM). Francelino tinha 96 anos e morreu em casa, na capital mineira. A morte foi confirmada pelo partido Democratas, em Belo Horizonte, porém a causa ainda não foi informada.

Francelino governou o estado no regime militar, entre 1979 e 1983. Ele foi também senador por Minas Gerais, entre 1995 e 2003, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso.

O político também foi deputado federal por quatro mandatos entre 1963 e 1979, durante este período também foi o presidente da Aliança Renovadora Nacional (Arena), o partido dos militares. Antes disso, foi vereador em Belo Horizonte na década de 1950.

Francelino era natural de Angical, no Paauí. Ele nasceu em 2 de julho de 1921 e era formado em direito. O velório deve ser realizado no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INSCRIÇÕES
Comarca de Aquidauana selecionará estagiários de Direito
NAVIRAÍ
Homem agride esposa e tenta queimar casa onde filho de 7 meses dormia
SELIC
Copom decide manter juros básicos da econômia em 2% ao ano
JARDIM
Briga após dia de trabalho termina com funcionário de fazenda morto
ECONOMIA
Governador anuncia pagamento de outubro e garante o 13° salário
CAMPO GRANDE
Adolescente que estava desaparecida desde sexta-feira é encontrada
FUTEBOL
Com um a menos, Santos segura empate com Ceará pela Copa do Brasil
ECONOMIA
Dólar dispara e fecha cotado a R$ 5,76
CLIMA
Tempo muda nas próximas horas e há risco de temporal em Mato Grosso do Sul
COXIM
Usuário de cocaína dispara contra residência e acaba preso em flagrante

Mais Lidas

DOURADOS
Enquanto filma chuva, interno mostra ‘plantação’ de maconha em cela da PED
GRANDE DOURADOS
Cobertura de barracão de cerealista ‘voa’ com o vento; veja vídeo
BR-463
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
DOURADOS
Délia decreta emergência por causa de danos provocados pela tempestade