Menu
Busca segunda, 06 de abril de 2020
(67) 9860-3221

EUA aceitam identificação no Brasil, mas querem rapidez

06 janeiro 2004 - 16h14

A embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Donna Hrinack, disse hoje que o governo americano respeita a decisão das autoridades brasileiras de tomar os procedimentos que julgam necessários ao autorizar a entrada de americanos no País, referindo-se à decisão do Brasil de fotografar e tomar as impressões digitais dos viajantes portadores de passaporte americano. Ela informou ainda que o governo dos EUA não pedirá a revisão da decisão. "É um direito do governo brasileiro", afirmou.Segundo a embaixadora, os Estados Unidos entendem que o Brasil respeita e reconhece as determinações daquele país e que agora cabe aos americanos respeitar as decisões do governo brasileiro. Donna defendeu, no entanto, que as medidas de identificação sejam executadas de forma mais rápida de modo a não prejudicar os viajantes e a indústria turística.Donna Hrinack acompanhou a reunião de uma delegação de 11 parlamentares americanos com o ministro da agricultura, Roberto Rodrigues.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
GM propõe redução de salários em São José dos Campos
ESTADO
Justiça Eleitoral dá início às sessões de julgamento por videoconferência
ESPORTES
Saiba como se exercitar em casa durante a quarentena
RESTRIÇÕES
Comércio da capital volta a funcionar na segunda-feira
BRASIL
Rio terá turnos de trabalho para não lotar transporte público
PREVENÇÃO
Direção Viva alerta sobre importância de higienizar veículos automotores como prevenção contra o Coronavírus
STF
Ministro julga inviável ação do PDT contra suspensão de prazos do Enem 2020
CULTURA
CCBB Educativo disponibiliza acervo digital de arte-educação
BRASIL
Combate à pandemia mobiliza voluntários em diversas frentes
COVID-19
Barreiras sanitárias abordaram 13,6 mil pessoas em MS

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
DOURADOS
Homem agride gestante e é assassinado a pauladas em favela
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior