Menu
Busca segunda, 13 de julho de 2020
(67) 99659-5905
INTERNACIONAL

Estados Unidos proíbem entrada de viajantes que passaram pelo Brasil

25 maio 2020 - 06h56Por Agência Brasil

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou neste domingo, dia 24 de maio, um decreto que proíbe a entrada de viajantes que passaram pelo Brasil nos últimos 14 dias. A medida foi tomada devido aos casos registrados do novo coronavírus e deve entrar em vigor em 29 de maio. 

De acordo com o comunicado divulgado pela Casa Branca, a restrição é necessária para “proteger o país” da contaminação pelo novo coronavírus. A medida não será aplicada aos cidadãos norte-americanos, residentes e filhos de residentes menores de 21 anos. 

Mais cedo,  o consultor de segurança nacional da Casa Branca, Robert O'Brien, informou que a medida seria tomada ainda neste domingo. O'Brien disse que os Estados Unidos também analisarão as restrições para outros países do Hemisfério Sul. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Tiroteio no Estrela Porã deixa dois homens feridos
DOURADOS
‘Deus no comando amem’: antes de crimes, atirador postou pregação religiosa
DOURADOS
Atirador baleou criança de quatro anos na cabeça ao abrir fogo para matar ex-mulher
FAMOSOS
Morris, par de Naya Rivera em 'Glee', quer conduzir grupo de buscas pela atriz
BRASIL
Leila Barros confirma que contraiu covid-19
BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em Dourados
BRASIL
Embrapa coleta bactérias e fungos com potencial econômico na Amazônia
OPORTUNIDADE
IFMS tem inscrições abertas para 120 vagas em cursos de especialização
ESPORTES
Semana será marcada pelo 1º Camping Virtual de Parataekwond
TRÊS LAGOAS
Mulher é sequestrado pelo ex na frente de familiares

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
PANDEMIA
Em dia com quase 100 novos casos, Dourados tem mais uma morte por coronavírus
PANDEMIA
Pesquisadores veem medidas sem efeito e sugerem lockdown em Dourados