Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021
(67) 99257-3397
CÂMARA DOS DEPUTADOS

Especialistas criticam ausência de programação de combate ao racismo na EBC

14 junho 2021 - 21h35Por Da Redação com Agência Câmara

Participantes de audiência pública da Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados criticaram nesta segunda-feira (14) a ausência, na Empresa Brasil de Comunicação (EBC), de programação voltada para o combate ao racismo.

Segundo o cineasta e doutor em Comunicação Joel Zito Araújo, que já fez parte do Conselho Consultivo da empresa, atualmente a EBC está desconectada da realidade brasileira, deixando assim de cumprir seu papel de comunicação pública.

“Hoje eu vejo a transformação da TV Brasil em quase que uma televisão chapa branca. Eu não vejo ali espelhado um esforço dessa televisão de estar conectada com a maior preocupação do Brasil neste momento, que é esse profundo desastre social com a morte de quase 500 mil brasileiros pela Covid. Eu não vejo a EBC envolvida em campanhas educativas para ajudar o brasileiro a se cuidar. Eu não vejo no jornalismo da atual EBC a preocupação que se tinha antes com problemas graves da sociedade brasileira, como o extermínio da juventude negra nas periferias brasileiras”, disse Araújo.

A jornalista da EBC Juliana Cézar Nunes afirmou que é preciso resgatar os dez primeiros anos da empresa, quando era feita uma comunicação pública representativa da população brasileira de maioria negra, para que a emissora volte a ter um conteúdo de televisão pública de combate ao racismo.

Ao ser criada, a EBC ficou responsável pelos canais de rádio e TV que eram dirigidos pela estatal Radiobrás e pela Associação de Comunicação Educativa Roquette-Pinto. O objetivo da nova empresa era unificar e gerir as emissoras federais já existentes, instituindo o Sistema Público de Comunicação.

O diretor-geral da EBC, Roni Baskis, afirmou que a montagem da programação das emissoras de TV e rádio não segue determinações de governos. Ele disse ainda que a programação continua sendo ampla, sem orientação para a redução de conteúdos de qualquer temática.

“Não existe qualquer orientação da direção da empresa de que tenha que ter diminuição desse tipo de conteúdo temático”, declarou. “Talvez a única emissora que cumpra toda a legislação com relação à abordagem do tema, inclusive na semana da consciência negra em novembro, seja a Empresa Brasil de Comunicação”, disse Baskis.

A deputada Benedita da Silva (PT-RJ) afirmou que a reunião foi motivada por denúncias de que está existindo dentro da EBC uma censura em relação à temática do povo negro.

“Estamos vivendo um processo altamente ideológico e político que tem promovido uma série de atos de censura. A discriminação que nós estamos assistindo, com o cancelamento de programas e de políticas públicas, censura em campanhas publicitárias e de comunicação, isso tem impactado principalmente as questões raciais”, disse a parlamentar.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, foi convidado para participar da reunião, mas não compareceu.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA INVESTIGAÇÃO
TCU decide abrir processo para apurar conduta de Pazuello na pandemia
Ambiental captura 1.337 animais silvestres no primeiro semestre de 2021
Ambiental captura 1.337 animais silvestres no primeiro semestre de 2021
GERAL
Governo amplia número de vagas do último concurso da Agepen
Passageira dorme em ônibus e só descobre furto das malas na rodoviária
SELIC
Copom eleva juros básicos da economia para 5,25% ao ano
Golpistas que teriam contratado andarilho para sacar empréstimo são presas
LOTERIA
Veja as dezenas do concurso 2.396 da Mega-Sena, prêmio de R$ 46 milhões
FORTALEZA
PF apreende jatinho com mais de uma tonelada de cocaína em aeroporto
NÚMEROS DA PANDEMIA
Sob ameaça da variante delta, Brasil ultrapassa 20 milhões de casos de Covid
AQUIDAUANA
Padrasto é condenado a 14 anos de prisão após estupro de enteada

Mais Lidas

DOURADOS
Assessora vai à polícia e diz que foi ameaçada de morte por vereadora
DOURADOS
Após ideia da filha, empresária cria 'varal comunitário' para ajudar quem tem frio
MORTE A ESCLARECER 
Encontrado inconsciente em praça, idoso morre no HV após passar uma semana internado
DOURADOS 
Usuário de drogas procura delegacia após ser assaltado em boca de fumo