Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
(67) 99659-5905
COVID-19

Entidades religiosas reforçam necessidade do isolamento social

27 março 2020 - 12h50Por Agência Brasil

Em comunicado em sua página na internet, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) reforçou a recomendação do distanciamento social do Ministério da Saúde para evitar o contágio pelo coronavírus.

Ontem (26) foi publicado o Decreto nº 10.292/2020 ampliando a lista de atividades essenciais durante a emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus (covid-19), incluindo as atividades religiosas de qualquer natureza, desde que obedecidas as determinações do Ministério da Saúde.

No texto, assinado pelo bispo auxiliar do Rio de Janeiro e secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado, recomenda que as igrejas podem permanecer abertas apenas para orações individuais e para a realização das transmissões online das missas. Segundo o documento, “não há como entender que os instrumentos legais possam obrigar a reabertura das igrejas, muito menos para a prática de qualquer tipo de aglomeração”.

A exemplo de outras atividades, igrejas de diferentes tradições vêm realizando missas e cultos online por meio de mídias sociais, como Facebook e Youtube.

Em sua página no Facebook, o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic) informou que, apesar do decreto presidencial publicado ontem (26), a orientação é para que as igrejas cristãs “sigam com suas atividades presenciais suspensas”. Segundo o Conic, quem sentir vontade de falar com lideranças religiosas, deve comunicar-se com elas pelas redes sociais.

Em uma nota em sua página na internet, as igrejas-membro do Conic orientam que os fiéis sigam à risca as recomendações do Ministério da Saúde e a principal orientação é para que as pessoas fiquem em casa.

Após a publicação do decreto, a Igreja Universal divulgou comunicado em sua página na internet reiterando “as medidas adotadas em todos os seus templos, que respeitam as determinações do Ministério da Saúde no combate à propagação do coronavírus”.

“Para que se evite a aglomeração de pessoas, nas localidades onde está proibida a realização de cultos em templos religiosos, a Universal está aberta apenas para orações individuais e auxílio espiritual, e observando todas as cautelas sanitárias”, diz o texto.

A igreja orienta os fiéis a assistir aos cultos pela TV, rádio e internet.

“Nas localidades onde foi estipulado limite à presença de pessoas em templos religiosos, a Universal segue controlando a entrada de público Se necessário, amplia-se a quantidade de reuniões para atender a todos que procuram a Igreja”, informa.

Segundo o comunicado, a Universal recomenda que as pessoas com mais de 60 anos, que são grupo de risco para a covid-19, permaneçam em casa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESCAMINHO
Contrabandista é preso com 7,5 mil maços de cigarros na BR-163
ABONO SALARIAL
Prazo para saque do abono do PIS/Pasep 2019-2020 acaba hoje
ESPORTE
Libertadores pode recomeçar com protocolo inspirado no futebol Alemão
PANDEMIA
Em MS, nenhum município atinge índice recomendado de isolamento
IMPOSTO
Detran/MS alerta sobre licenciamento de veículos com placa final 1 e 2
AMAMBAI
Adolescente morre ao bater moto contra árvore em avenida
DOURADOS
MPE quer saber quanto a prefeitura deve para o Previd após parcelamento de R$ 31 milhões
DOURADOS
Jovem é preso em flagrante com mais de 200 ‘trouxinhas’ de pasta base de cocaína
FLAGRANTE
Após denúncia de que estaria articulando mortes, homem é preso armado em Dourados
DOURADOS
Justiça dá mais 10 dias para prefeitura comprovar entrega de materiais para saúde

Mais Lidas

PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
TRÁFICO
Servidor da Sesai usava veículo oficial para trazer maconha do Paraguai
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
DOURADOS
Após brigar com a ex e decidir dormir na rua, homem é assaltado e agredido