Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
EDUCAÇÃO

Enem 2015 tem 1 milhão de inscritos a menos do que edição de 2014

09 junho 2015 - 16h30

O Enem 2015 (Exame Nacional do Ensino Médio) registrou 8.478.096 inscritos, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (9) pelo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro. O número é inferior ao de inscrições na edição de 2014, quando foram cerca de 9,5 milhões de registros.

Para o ministro, a queda de 1 milhão de inscritos entre as edições de 2014 e 2015 foi consequência de uma redução de 5 milhões para 3,7 milhões de inscritos que pediram carência da taxa. Na avaliação de Janine Ribeiro esses candidatos que pediam isenção da taxa "pensaram duas vezes" antes de se inscrever.

A partir deste ano, os candidatos isentos que faltarem no dia da prova perderão o direito na edição seguinte. O ministro afirmou que, no ano passado, 2,2 milhões de candidatos isentos não fizeram o exame. "São quase 2,2 milhões de livros [que foram para o lixo]", disse Janine Ribeiro. "É um desperdício injustificável."

O sistema do Enem 2015 recebeu inscrições até as 23h59 da última sexta-feira (5). O número de inscritos ainda pode diminuir, já que os candidatos podem pagar a taxa, que é de R$ 63, até amanhã (10).

O participante concluinte do ensino médio no ano de 2015, matriculado em qualquer modalidade de ensino em escola da rede pública, será automaticamente isento do pagamento da taxa. Também será possível solicitar isenção do pagamento mediante declaração de carência no momento da inscrição.

Nesta terça, o presidente do Inep (responsável pelo exame), Francisco Soares, disse que haverá uma investigação dos candidatos que se declararam de baixa renda. "Não queremos caça às bruxas, mas queremos mostrar que quem quiser fraudar tem alta chance de ser pego", afirmou.

O Estado de São Paulo apresenta o maior número de inscrições, com 1.390.297 candidatos. Em seguida, aparecem Minas Gerais com 939.049 inscrições e Bahia com 626.941. Roraima apresentou o menor número de inscritos, apenas 24.872.

Entre os candidatos que solicitaram atendimento especializado, 8.252 são gestantes, 1.701 idosos, 10.611 lactantes, 646 estudantes em situação de classe hospitalar e 70.762 sabatistas (pessoas que guardam os sábados por motivo religioso).

As provas do Enem serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro. No primeiro dia, serão aplicadas as provas de ciências humanas e ciências da natureza. No segundo, serão os exames de linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e redação. Nos dois dias, as provas começam às 13h30 (horário de Brasília), com abertura dos portões às 12h.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Audiência pública aponta que não há condições para volta do ensino presencial nas escolas da Capital
CORUMBÁ
Em meio à fumaça, acidente termina com vítima fatal na BR-262
PANDEMIA
Medidas provisórias liberam R$ 2,5 bilhões para vacinas contra coronavírus
SAÚDE
Problemas na saúde de motoristas são causas de milhares de acidentes
BELA VISTA
Após ser capturada, arara azul é devolvida à natureza; veja vídeo
Naviraí
Polícia encontra maconha escondida embaixo de lona em meio à mata
BR-060
Veículo é apreendido com mais de 100 kg de cocaína em Camapuã
CONSUMIDOR
Brasil passará a fazer de parte de plataforma internacional de proteção ao consumidor
FISCALIZAÇÃO
PMA é acionada para prender incendiário e usa técnica de contenção para conter fogo
ESPORTE
Desembargadora mantém suspensão de jogo entre Flamengo e Palmeiras

Mais Lidas

POLÍCIA
Caminhoneiro de Dourados morre ao capotar na serra de Maracaju
ATO DE FÉ
Após vigílias em frente a hospital, família celebra 'milagre' por homem que caiu do telhado
PONTA PORÃ
Polícia apreende comboio com contrabando avaliado em R$ 1 milhão
CAMPO GRANDE
Gêmeos são executados dentro de quitinete