Menu
Busca sábado, 04 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Dólar cai e risco Brasil despenca abaixo dos 400 pontos

13 janeiro 2004 - 12h50

O dólar comercial opera em queda na manhã desta terça-feira. Às 10h12, a moeda norte-americana caía 0,14% em relação ao fechamento de ontem, comprada a R$ 2,783 e vendida a R$ 2,786. Até o momento, a máxima cotação da moeda chegou a R$ 2,791 e, a mínima, a R$ 2,778. O risco Brasil caía 3,91%, às 8h08, para 393 pontos, menor nível desde 22 de outubro de 1997. Já o C-Bond subia 0,17%, cotado a 100,93% de seu valor de face. Em pouco mais de uma hora de negócios, o Banco Central anunciou dois leilões de compra de dólares no mercado interno, dentro da estratégia de recompor as reservas internacionais do Brasil. A primeira operação não impediu que a moeda norte-americana interrompesse a trajetória de queda exibida desde o início dos negócios. Após o anúncio do segundo leilão, no entanto, o dólar passou a exibir leve alta.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

INCENTIVO
Governo amplia lista de produtos médico-hospitalares com IPI zerado
COVID-19
Comitê de Crise de conronavírus estuda dividir o Hospital da Vida em duas partes durante pandemia
ITAMARATY
Mais de 500 repatriados já cruzaram a fronteira da Bolívia com o Brasil
PARANAÍBA
MPMS viabiliza recurso para aquisição de testes rápidos do novo coronavírus
COVID-19
Governo de MS usa localizadores de celular para monitorar cumprimento da quarentena do coronavírus
ELEIÇÕES
Lia Nogueira oficializa filiação ao Partido Progressista
INTERNACIONAL
Brasil pede a Índia que garanta fornecimento de insumos farmacêuticos
PANDEMIA
Em Mato Grosso do Sul, 27 pessoas já finalizaram a quarentena por conta do coronavírus
PANDEMIA
Países da América Latina e Caribe se unem para evitar desabastecimento
COVID-19
Brasil tem 365 mortes e passa dos 9 mil casos de coronavírus

Mais Lidas

DOURADOS
Exame de jovem que morreu no HU testa negativo para coronavírus
COVID-19
Dourados tem mais um caso confirmado de coronavírus
DOURADOS
Jovem morre no HU e município pede agilidade no resultado do exame de coronavírus
CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações