Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Diplomata nega entrave do Brasil nas negociações UE-Mercosul

07 setembro 2004 - 23h00

O representante brasileiro para o Mercosul e a ALADI, Bernardo Pericás, negou hoje, terça-feira, em Montevidéu, que seu país trave as negociações para um acordo de livre comércio entre o principal bloco sul-americano e a União Européia. "O Brasil não tem intenção de travar as negociações", assinalou à EFE o diplomata, rebatendo versões da imprensa e de fontes do governo uruguaio sobre obstáculos brasileiros nas negociações entre sul-americanos e europeus. Pericás advertiu apenas que seu país "não diz sim a tudo porque sua economia é mais complexa e é preciso negociar com mais setores" e que o "verdadeiro interesse" de seu Governo é confirmar o acordo, negociado entre Mercosul e UE há uma década. O jornal local "El País" citou, em sua edição de hoje, fontes diplomáticas da Argentina e do Uruguai para assinalar que os governos desses dois países estão insatisfeitos com o Brasil, pelo que consideram como um retardamento das negociações para que em outubro seja alcançado um acordo comercial entre os blocos. Fontes da chancelaria uruguaia consultadas pela EFE confirmaram a versão do jornal de Montevidéu e acrescentaram que, junto com diplomatas da Argentina, trabalham para organizar uma reunião ministerial no Brasil, na próxima semana, para tentar acabar com as diferenças. O embaixador brasileiro insistiu que não há intenção de seu país em frear as negociações com a UE, mas "há um verdadeiro interesse em conclui-las" e se mostrou convencido de, caso o acordo não saia em outubro, como estava previsto, pode acontecer posteriormente.As negociações entre a UE e o Mercosul começaram há dez anos e nos últimos três se intensificaram, embora ainda restem muitos assuntos pendentes -bens e serviços para os europeus, agricultura para os sul-americanos- para que seja estabelecido o acordo de livre comércio entre os dois blocos. Para este mês, está prevista uma nova rodada de negociações técnicas em Bruxelas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Governo proíbe entrada de estrangeiros em voos provenientes da Índia
Juventude AG enfrenta Umuarama Futsal com obrigação de vitória
COPA DO BRASIL
Juventude AG enfrenta Umuarama Futsal com obrigação de vitória
MS tem quase 1,4 mil novos casos de coronavírus e outras 31 mortes pela doença
PANDEMIA
MS tem quase 1,4 mil novos casos de coronavírus e outras 31 mortes pela doença
Jovem sai para comprar narguilé e morre após colidir moto contra poste
CAPITAL
Jovem sai para comprar narguilé e morre após colidir moto contra poste
BRASIL
Terremoto de 4.3 na Escala Richter é registrado no Pará
DOCUMENTAÇÃO
Primeira certidão de nascimento digital de preso indígena é emitida em MS
MEIO AMBIENTE
Seriema é resgatada com a perna quebrada e levada para tratamento
DOURADOS
Após estacionar, mulher tem moto furtada enquanto trabalhava
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
IMUNIZAÇÃO
Com baixa procura, saúde amplia público alvo para Dose 2 de Coronavac em Dourados

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
DOURADOS
Criança encontrada morta apresentou problemas estomacais uma semana antes
CACHOEIRINHA
Polícia fecha ponto de distribuição de drogas e prende abastecedor