Menu
Busca terça, 26 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
CHUVAS

Dilma sobrevoa áreas atingidas pelas cheias na fronteira oeste do RS

26 dezembro 2015 - 18h00

A presidente Dilma Rousseff sobrevoou na manhã deste sábado, dia 26 de dezembro, as áreas atingidas pelas enchentes na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. No estado gaúcho para passar o feriado de Natal com a família, a presidente aproveitou a passagem para ver de perto a situação das cidades afetadas pelas cheias dos rios, que seguem em elevação e tiraram milhares de pessoas de casa.

Dilma saiu de Porto Alegre em um helicóptero com destino a Base Aérea de Canoas, na Região Metropolitana, por volta das 9 horas. De lá, a presidente embarcou em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), em direção a Uruguaiana. Logo que desembarcou, Dilma se encaminhou para o sobrevoo, sem falar com a imprensa.

Após o sobrevoo, a presidente se reuniu com os prefeitos das cidades atingidas e o governador do estado em exercício Edson Brum.

A presidente anunciou que o ministro da Integração Nacional vai voltar à cidade nos próximos dias pra uma avaliação de como vai ser a ajuda do governo federal. Ficou definido, por enquanto, que vai ser montada uma força-tarefa para transferir para outros lugares as pessoas que moram em áreas de risco.

Além disso, o governo federal vai mandar quatro mil kits de higiene pra quem foi prejudicado pelas enchentes.

###Governo já liberou R$ 6,6 mi para cidades atingidas por chuvas
O governo federal já liberou ao menos R$ 6,6 milhões para seis municípios do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Segundo o Ministério da Integração Nacional, com esses recursos, as prefeituras podem fazer obras para reparar os dados causados pelas enchentes.

Ainda conforme a pasta, receberam esses R$ 6,6 milhões as cidades catarinenses de Rio dos Cedros (R$ 394 mil), Corupá (R$ 1,1 milhão) e Rio Negrinho (R$ 969 mil); além dos municípios gaúchos de Cruzaltense (R$ 2,6 milhões) e Mato Leitão (R$ 383 mil); e a cidade paranaense de São Jorge D'Oeste (R$ 1,2 milhão).

###Mais de 38 cidades atingidas e quase 1,8 mil famílias fora de casa
Segundo dados oficiais, a chuva no estado tirou já 1.795 famílias de suas residências, e afeta 38 municípios, informou o boletim divulgado pela Defesa Civil no final da tarde desta sexta-feira (25). São 1.479 famílias desalojadas – foram para residências de familiares e amigos – e 66 desabrigadas – recolhidas em um local fornecido pelo Poder Público.

Porém, o major Rinaldo da Silva Castro, da Defesa Civil da Fronteira Oeste, sustenta que o número de atingidos já aumentou. Segundo ele, somente na região são em torno de 1,8 mil famílias afetadas.
Presidente Dilma visita áreas alagadas na Fronteira Oeste do RS (Foto: Gabriela Fogliarini/RBS TV)
Presidente Dilma visita áreas alagadas na Fronteira Oeste do RS (Foto: Gabriela Fogliarini/RBS TV)

O nível dos rios da região segue em elevação. Uruguaiana é o principal município gaúcho banhado pelas águas do Rio Uruguai, que sobe na cidade e também em São Borja. Outros municípios vizinhos também são atingidos, como Dom Pedrito, Rosário do Sul e Alegrete.

"Choveu muito forte na região de [Santana do] Livramento. Aquela água desceu toda para Quaraí", diz Castro. "Alegrete também tem problemas com a cheia do Rio Ibirapuitã, que já está causando transtornos. Uma das maiores cheias deles", completa ele.

A chuva forte vem atingindo a Fronteira Oeste desde o último dia 18, quando um temporal elevou os níveis dos rios Uruguai e Quaraí. Na quarta-feira (23), o rio Quaraí atingiu a marca histórica de mais de 15 metros acima do nível normal. A maior cheia que a cidade tinha registrado até então foi em 2001, quando o rio chegou aos 14 metros acima do normal. A água começou a baixar nesta quinta-feira (24).

###Cidades com decreto de emergência
A chuva que castiga parte do estado durante o feriadão de Natal já levou 12 prefeituras a decretarem situação de emergência: Liberato Salzano, Trindade do Sul , Nonoai , Santo Ângelo , São Miguel das Missões, Guarani das Missões, Roque Gonzáles, Cândido Godói, Uruguaiana, Quaraí , Passa Sete e Não-Me-Toque .

Deixe seu Comentário

Leia Também

Covid-19: 669 mil doses de vacina são distribuídas hoje, diz Saúde
IMUNIZAÇÃO
Covid-19: 669 mil doses de vacina são distribuídas hoje, diz Saúde
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto institui política de incentivo ao turismo rural
ESPORTE
Decisão do título da Série B fica em aberto, após tropeço da Chape
IMUNIZAÇÃO
Anvisa envia ao STF informações sobre uso emergencial da Sputnik V
VERBA
No primeiro ano do Nota MS Premiada, repasses a municípios cresceram 10%
ECONOMIA
Falta de insumos atinge metade das indústrias da construção, diz CNI
ECONOMIA
Estados arrecadaram 2,14% a mais em 2020, diz ministério
ZONA RURAL
Durante temporal, 17 cabeças de gado morrem eletrocutadas em cidade de MS
REGIÃO
Secretaria estuda reativação da escola agrícola em assentamento de Rio Brilhante
CULTURA
Cantora de Dourados lança novo clipe em plataformas digitais 

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista envolvido em acidente fatal relata bebida ao depor e é liberado 
ACIDENTES
Trânsito de Dourados faz terceira vítima fatal no ano, todas motociclistas
CRIME
Vizinhança flagra suspeito pulando muro e evita furto em Dourados
BR-276
Carreta com quase dez toneladas de maconha é apreendida em Dourados