Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
DIREITO TRABALHISTAS

Dilma assina lei que amplia os direitos da empregada doméstica

02 junho 2015 - 06h57

A presidente Dilma Rousseff assinou nesta segunda-feira, dia 1º de junho, o texto que regulamenta a emenda constitucional que amplia os direitos das empregadas domésticas, conhecida como “PEC das Domésticas”, informou a Presidência da Republica.

O projeto, que iguala os direitos dos trabalhadores domésticos aos dos demais trabalhadores urbanos e rurais, foi promulgado pelo Congresso Nacional em abril de 2013. Porém, itens como seguro-desemprego, indenização em demissões sem justa causa, adicional noturno e banco de horas ainda precisavam de regulamentação.

As regras e vetos assinados por Dilma serão publicados na edição desta terça (2) do “Diário Oficial da União”.

Entre as medidas que passaram a valer desde a promulgação da PEC pelo Congresso, estão: jornada de trabalho de oito horas diárias e 44 horas semanais; garantia de salário nunca inferior ao mínimo; reconhecimento de convenções ou acordos coletivos; e pagamento do 13º salário.

À época da promulgação da emenda, o Ministério do Trabalho informou estimar em 7 milhões o número de trabalhadores domésticos no país, sendo que, desses, 1 milhão com carteira assinada. O G1 procurou a pasta, que informou não ter dados atualizados sobre o assunto.

Nesta segunda pela manhã, o ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, afirmou que as decisões da presidente sobre as regras e os vetos levariam em conta “todo o aspecto social” do projeto e eventuais “ponderações”.

“A presidenta a analisa de forma muito criteriosa [a regulamentação da emenda]. Eu tenho certeza que a decisão do governo será uma decisão que irá considerar todo o aspecto social deste projeto, mas também as ponderações, no sentido de que possamos ter, em médio e longo prazos, situação de equilíbrio sob o ponto de vista previdenciário”, afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Mulher que dá cerveja a "boi" é localizada e vai responder por maus-tratos
POLÍCIA
Apreensão de carga milionária de maconha aconteceu próximo ao rio Dourados
PRORROGAÇÃO
Auxílio emergencial: 5,7 milhões não vão receber as parcelas de R$ 300
MS convoca policiais militares da reserva para reforçar segurança nas ruas
EDUCAÇÃO
Uems realiza primeira formatura virtual durante pandemia da Covid
COTAÇÃO
Em dia de volatilidade, dólar fecha perto da estabilidade a R$ 5,64
DOURADOS
Sensação térmica passa de 37º e 'calorão' deve continuar até sábado
TRÁFICO
Mais de 4t de maconha a caminho do litoral paulista é apreendida em Dourados
REGIÃO
Carro com mais de 140 quilos de maconha e 'skunk' é apreendido
TRÊS LAGOAS
Paciente atendida em rede particular deve arcar com despesas da internação

Mais Lidas

POLÍCIA
Comerciante morre em acidente na MS-276
REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Festa com mais de cem pessoas é encerrada no Novo Horizonte