Menu
Busca sexta, 03 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Deputados viajam irão buscar brasileiros presos nos EUA

14 dezembro 2003 - 13h48

A comissão externa do Congresso encarregada de acompanhar a situação dos brasileiros presos nos Estados Unidos viaja no dia 3 de janeiro ao país, para buscar 1,5 mil pessoas que respondem a processos na Justiça ou aguardam extradição para o Brasil, informou a Agência Câmara.O deputado João Magno (PT-MG), integrante da comissão, informou que o objetivo era viajar antes do Natal, mas a votação das reformas adiou a viagem por duas vezes. Segundo o deputado, os presos virão num vôo fretado e custeado pelo governo americano. As pessoas detidas nos Estados Unidos entraram no país sem a documentação adequada e hoje, dos 1,5 brasileiros irregulares, 900 estão nas cadeias americanas. Participam da Comissão Externa além do deputado João Magno, o deputado Inácio Arruda (PCdoB-CE) e os senadores Hélio Costa (-MG) e Bispo Crivela (PL-RJ). 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Brasil tem agora 327 mortes e mais de 8 mil casos confirmados da Covid-19
Educação
A internet sem “vírus”
CHAPADÃO DO SUL
Jovem é resgatado inconscinte após ser arremessado de veículo em capotamento
SAÚDE
Especialistas enfatizam a importância da limpar superfícies
CAPITAL
Adolescente de 14 anos dá à luz em banheiro de UPA
HUMILDADE
'A gente está se bicando há algum tempo', diz Bolsonaro sobre Mandetta
TRÁFICO
Três toneladas de maconha que saiu de Dourados é apreendida em São Paulo
TEMPO
Sexta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
SAÚDE
Idoso de 60 anos pode ser a primeira morte por coronavírus em Três Lagoas
INFORMAIS
Lei que cria auxílio de R$ 600 é publicada no 'Diário Oficial da União'

Mais Lidas

NOVA ANDRADINA
Hospital confirma três profissionais com coronavírus em unidade que atendeu idosa
CRIME AMBIENTAL
Pescador é flagrado com barco, motor de popa e petrecho de pesca
COVID-19
Familiares de casal que testou positivo para coronavírus em Dourados são monitorados
BOLETIM DA SES
Dourados registra mais um caso de coronavírus e MS tem 51 confirmações