Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
REGULAMENTAÇÃO

Denatran torna obrigatória a inspeção de veículos a cada dois anos

09 dezembro 2017 - 09h10Por Agência Brasil

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou nesta sexta-feira, dia 08 de dezembro, no Diário Oficial da União, regulamentação que obriga a inspeção de veículos a cada dois anos. A norma vai trazer mais segurança ao trânsito, evitando acidentes causados pela pela falta de manutenção dos veículos, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O controle da emissão de gases poluentes e a redução de ruídos também entram na operação.

O cronograma de inspeção será definido pelo Departamento de Trânsito (Detran) de cada unidade da federação, que estabelecerá a forma e as condições de implantação do novo Programa de Inspeção Técnica Veicular. A determinação é para que a operação comece a ser realizada até 31 de dezembro de 2019.

A nova inspeção veicular poderá ser feita por órgãos executivos de trânsito ou por pessoa jurídica de direito público ou privado, previamente credenciada. “Dessa maneira, aumentamos a possibilidade do condutor de fazer a inspeção, já que a oferta será maior”, afirmou o diretor-geral do Denatran, Elmer Vicenzi.

A norma determina a reprovação de veículos que apresentem defeitos muito graves; defeito grave no sistema de freios, pneus, rodas ou nos equipamentos obrigatórios ou utilizando equipamentos proibidos; ou quando reprovado na inspeção de controle de emissão de gases poluentes e ruído.

Para o controle da emissão de gases poluentes e a redução de ruídos serão usados os parâmetros estabelecidos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), conforme previsto no artigo 104 do Código de Trânsito Brasileiro, segundo Vicenzi.

A nova regulamentação – artigo 104 da Lei nº 9.503-97 – estabelece que a exceção fica para os veículos zero quilômetro, com capacidade para até sete passageiros, que não tenham sofrido  acidente com danos à estrutura do automóvel, e que farão a primeira inspeção três anos após o emplacamento.

Para os veículos de transporte de cargas e/ou passageiros, o prazo será menor, a depender da finalidade do transporte. O certificado da ITV terá validade de dois anos e dois licenciamentos.

A fiscalização das inspeções ficará a cargo do Detran de cada unidade da federação e poderá ocorrer tanto de forma presencial quanto de forma remota.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Homem é autuado por pesca ilegal e tem petrechos de pesca apreendidos
CONDENADO POR CRIMES SEXUAIS
João de Deus vai para UTI após ser transferido para hospital em Brasília
BRASIL
Pandemia aumenta busca por profissionais autônomos e freelancers no país; veja serviços com maior demanda
MS
Recursos do FCO em indústria geram empregos e renda em Anaurilândia
OPORTUNIDADE
Inscrições de concurso de Câmara com 8 vagas terminam hoje
MUNDO
Lewis Hamilton vence e se torna recordista absoluto de vitórias na Fórmula 1
24 HORAS
MS registra 302 novos casos de coronavírus e cinco óbitos
REGIÃO
PM prende autores por furto, receptação e tráfico
PANDEMIA
Dourados tem 445 casos ativos de coronavírus
Astronomia: estudante vende empadas para comprar telescópio

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar mulher por asfixia no Canaã I é preso no Piratininga
TRÂNSITO
Moto invade preferencial, é atingida por caminhonete e dois ficam feridos na Marcelino
DOURADOS
PM é acionada e consegue evitar suicídio de homem em hotel
DOURADOS
Homem invade casa, tenta estuprar jovem e é detido por populares