Menu
Busca sábado, 23 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
LAVA JATO

Delcídio deixa PF e é transferido para batalhão da PM em Brasília

18 dezembro 2015 - 12h21

O ex-líder do governo no Senado Delcídio do Amaral (PT-MS) deixou nesta sexta-feira, dia 18 de dezembro, a carceragem da superintendência da Polícia Federal em Brasília para cumprir pena na sede do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar do Distrito Federal (BPTrans). De acordo com o porta-voz da PM do DF, capitão Michello Bueno, ele chegou ao batalhão às 10h25.

A sede do BPTrans fica próxima ao Palácio do Buriti, sede do governo local, a alguns quilômetros da Esplanada dos Ministérios.

Delcídio está preso desde 25 de novembro, acusado de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. O parlamentar, que está com a filiação partidária suspensa pelo PT, cumpre prisão preventiva, sem prazo para acabar.

Na última sexta (11), o ministro Teori Zavascki, do STF (Supremo Tribunal Federal), autorizou a transferência de Delcídio da carceragem da superintendência da Polícia Federal em Brasília para um quartel da PM do DF. O pedido de transferência foi formalizado pela defesa de Delcídio.

Ao decidir nesta quinta-feira (17) manter o senador do PT na cadeia, o ministro da Suprema Corte alegou que não houve “mudança no estado dos fatos” que autorizasse a revogação da prisão ou regime mais brando de restrição da liberdade.

De acordo com a PGR (Procuradoria Geral da República), que já denunciou Delcídio ao STF, ele operou para dificultar a delação premiada do ex-diretor da estatal do petróleo Nestor Cerveró com o objetivo de evitar que viesse à tona o seu envolvimento nas irregularidades cometidas na compra, por parte da Petrobras, da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

Uma gravação feita pelo filho de Cerveró, revelada pela PGR, mostra que o parlamentar petista chegou a oferecer uma rota de fuga para o ex-dirigente da petroleira deixar o país, evitando assim que ele fizesse a delação premiada.

Na superintendência da PF, o petista estava em uma sala administrativa que, geralmente, é utilizada por servidores de plantão, e não possui cama nem banheiro. A PF improvisou um colchão de solteiro para ele dormir.

Na sede da PF em Brasília, ele recebia a mesma alimentação que é oferecida aos demais presos da carceragem de passagem. Conforme a PF, ele não tinha acesso a celular, televisão e internet.

###BPTrans
A sede do Batalhão de Trânsito onde Delcídio ficará preso é um alojamento de oficiais com dois quartos. Cada quarto tem duas beliches e um armário pequeno. Entre os dois quartos há um banheiro, uma sala média com sofá e mesa de jantar, além de uma área que se aproxima de um quintal, destinada ao banho de sol, e que conta com um tanque para lavar roupa.

###Novo advogado
Delcídio do Amaral abriu uma nova frente de defesa na Operação Lava Jato e contratou um advogado especialista em delações premiadas: Antônio Figueiredo Basto. O criminalista irá atuar na defesa do parlamentar ao lado do advogado Mauricio Leite.

Basto ficou nacionalmente conhecido após fechar delações relevantes para as investigações na Lava Jato, entre as quais a do doleiro Alberto Youssef e a do dono da construtora UTC, Ricardo Pessoa.

Advogados da Lava Jato entendem que a negociação com a nova defesa sinaliza que Delcídio está disposto a fechar delação premiada – contar o que sabe em troca de redução de pena.

As tratativas com a Procuradoria Geral da República ainda não começaram, mas a defesa avalia que uma delação ainda não está descartada, já que a família de Delcidio o pressiona bastante para entregar o que sabe e tentar sair da cadeia. (Com informações G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Novos profissionais comemoram graduação em Medicina na UFGD
LEGISLATIVO
Projeto susta decisão da Receita Federal sobre exportação de suco de laranja
Jiboia é capturada nos fundos de residência em Bonito
MEIO AMBIENTE
Jiboia é capturada nos fundos de residência em Bonito
PANDEMIA
Número de casos de Covid-19 chega a 8,75 milhões no Brasil
REGIÃO
Sanesul apresenta investimentos em saneamento à prefeitura de Água Clara
IMUNIZAÇÃO
Projeto exige dados sobre raça, sexo e pessoa com deficiência em notificações de Covid
ESPORTE
Juventude bate Figueirense e segue na luta pelo acesso à Série A
Fisioterapia e Farmácia estão entre as profissões que mais crescem na pandemia
R$ 7,9 MILHÕES
Rede de coleta de esgoto avança em Guia Lopes da Laguna
Vestibular 2021
Em Amambai, Uems oferece vagas para cursos de Ciências Sociais e História

Mais Lidas

CENTRO
Primeiro acidente de trânsito com vítima fatal neste ano é registrado em Dourados
DOURADOS
Segundo corpo encontrado às margens da BR-163 é identificado
VIAGEM SANTA
PF deflagra operação contra tráfico de drogas em empresas de turismo religioso de Dourados
DOURADOS
Um dos corpos encontrados às margens da BR-163 foi quase decapitado