Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
NOVA DENÚNCIA

Defesa de Temer acredita que presidente será inocentado

22 setembro 2017 - 19h20

Presidente está convicto de que a Câmara dos Deputados encerrará "o último episódio de uma triste página de nossa história", onde mentiras foram utilizadas para atingir sua honra e tentar interromper a retomada do crescimento do País.

Em pronunciamento gravado na tarde desta sexta-feira (22), no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer criticou as calúnias e denúncias sem fundamento que visam desestabilizar o governo e interromper o avanço do Brasil. Temer declarou-se indignado com os ataques que vem sofrendo e, também, manifestou sua revolta "com a leviandade dos que deveriam agir com sobriedade".

O presidente frisou, no entanto, que "a verdade, mais uma vez, triunfará".

Ao lembrar que só regimes de exceção aceitaram acusações sem provas, Temer lamentou que o Brasil possa estar trilhando o mesmo caminho. Segundo o presidente, "o princípio básico da inocência foi subvertido e, agora, todos são culpados até prova em contrário". Segundo ele, nem mesmo provas concretas são suficientes para repor a verdade e a marca indelével da desonra ficará em muitos inocentes que foram atingidos.

Sobre a denúncia encaminhada nesta quinta-feira, pelo STF, à Câmara dos Deputados, o presidente acredita que "o último episódio de uma triste página de nossa história" será, finalmente, encerrado. Temer sublinhou estar convicto de que os parlamentares "submeterão essa última denúncia aos critérios técnicos e legais, e à verdade dos fatos". O presidente ressaltou que "uma análise crítica e desapaixonada provará os abusos dos que conspiraram contra a Presidência da República e o Brasil".


Durante o discurso, Temer assinalou ter orgulho do que pôde fazer até agora, como presidente da República. E lembrou que, em pouco mais de um ano e quatro meses, conseguiu tirar o Brasil da mais grave recessão de toda sua história. O presidente disse, também, orgulhar-se de uma longa vida de muito trabalho, estudo e dedicação ao longo da qual foi advogado, professor, procurador do Estado, Presidente da Câmara e, agora, Presidente da República. O presidente Michel Temer destacou que seu nome honrado é a herança limpa que recebeu de seus pais e que, também, deixará limpa para seus descendentes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SÃO GABRIEL
Jovem é presa ao pedir carona para transportar mochila com cocaína
CÓDIGO PENAL
Senado Federal aprova pena maior para crimes de racismo e homofobia
OPERAÇÃO SPARTACUS
Exército prende 2 pessoas, apreende 57 armas e 25 mil munições
POLÍTICA
Bolsonaro edita MP que isenta conta de luz para moradores do Amapá
NOVA ANDRADINA
Polícia Civil destrói 822 quilos de drogas no Vale do Ivinhema
REGIÃO
Startup-se Bioeconomia reúne jovens para identificar oportunidades
CAPITAL
Dependendo de moto para trabalhar, família tem veículo furtado
JUDICIÁRIO
STF adia decisão sobre remarcação de concursos por crença religiosa
Sobe para 41 o número de mortos em acidente no interior de São Paulo
UEMS
Thiago, de 21 anos, pesquisa as potencialidades da Guabiroba-verde

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel no Centro de Dourados
DOURADOS 
Foragido, autor de homicídio condenado a 16 anos é preso no Novo Horizonte
CRIME BÁRBARO
Suspeita de esquartejar e colocar corpo de namorado em malas se entrega à polícia
IMPROBIDADE
Caso de vereador que perdeu mandato em Dourados tem desfecho no STJ