Menu
Busca quinta, 21 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
LEI

Crime de estelionato contra idoso terá pena duplicada

29 dezembro 2015 - 11h48

A partir de agora, quem cometer crime de estelionato contra idoso poderá receber pena de até dez anos de prisão, o dobro do previsto no Código Penal. A mudança está na Lei 13.228/2015, sancionada pela presidenta Dilma Rousseff e publicada hoje (29) no Diário Oficial.

O Artigo 171 do Código Penal estabelece que o estelionato ocorre quando alguém obtém vantagem ilícita, para si ou para outra pessoa, em prejuízo alheio, ao induzir alguém ao erro, por meio de fraude ou outros artifícios.

A pena para o crime é de um a cinco anos de reclusão. Com a nova lei, se a vítima tiver 60 anos ou mais, a punição será duplicada, podendo chegar a dez anos de prisão. “Aplica-se a pena em dobro se o crime for cometido contra idoso”, diz o trecho incluído no Código Penal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Treinadora faz balanço do período de preparação da Seleção Brasileira Feminina
ESPORTE
Treinadora faz balanço do período de preparação da Seleção Brasileira Feminina
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto estabelece diretrizes para o plano nacional de vacinação contra a Covid-19
BRASÍLIA
Câmara instala nessa quinta comissão que vai revisar leis de combate ao racismo
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
Bolsonaro cumprimenta Biden e divulga carta enviada ao novo presidente
ECONOMIA
Entidades consideram acertada manutenção da Selic em 2% ao ano
EDUCAÇÃO
AGU mantém na Justiça segundo dia de provas do Enem
CRIME AMBIENTAL
Homem leva multa de R$ 10 mil por construção de rancho em área protegida
GOVERNO DO ESTADO
Mesmo com vacina, população deve seguir em alerta sobre a Covid-19
EDUCAÇÃO
Ministro dá posse a novos reitores de três universidades federais
NA CAPITAL
Prefeitura de Campo Grande corrige e toque de recolher volta às 22h

Mais Lidas

DOURADOS
Promotor vê preconceito em comentários contra vacina para índios e denuncia à PF
DOURADOS
Mulher é presa acusada de dar cobertura para assaltantes que rendiam família
VILA ÍNDIO
Enfermeiro de 50 anos é primeiro vacinado contra Covid-19 em Dourados
DOURADOS
Dupla é presa após assaltar entregador em frente conveniência no Jardim Flórida