Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 9860-3221

Corinthians leva sufoco, mas vence Al Ahly e vai à final do Mundial

12 dezembro 2012 - 10h22

O Corinthians entrou como favorito o duelo contra o Al Ahly, mas levou sufoco do campeão africano nesta quarta-feira no Toyota Stadium. A equipe paulista não foi brilhante, jogou recuada e venceu por 1 a 0, assegurando presença na final do Mundial de Clubes. Guerrero marcou o gol da vitória. Agora o time de Tite está a uma vitória do bicampeonato.

Chelsea e Monterrey fazem nesta quinta-feira a outra semifinal. A decisão do título acontece no domingo, às 16h30, em Yokohama.

A prometida invasão da torcida do Corinthians em Toyota não ocorreu da forma como muitos esperavam. O estádio não estava lotado, com 31 mil espectadores. E a neve, que caiu em jogo das quartas da competição, dessa vez não apareceu. A temperatura foi de 4°C.

Logo nos primeiros minutos de jogo já se percebeu um Corinthians com total controle de bola. Os jogadores trocavam passes, mas sem conseguir se infiltrar na defesa, enquanto o time egípcio se resguardava na defesa.

O primeiro chute a gol aconteceu aos 9 min, com Douglas. Apesar do amplo controle de bola, o Corinthians não tinha pressa de se aventurar no ataque com vários jogadores e ficava travado no meio-campo.

Sem a bola, o Al Ahly deixava os 11 atletas em seu campo, tentando um contragolpe no 1º tempo. Formava-se uma muralha com cinco jogadores na defesa do Al Ahly.

A saída foi explorar a bola parada. E o gol corintiano surgiu de uma cobrança de escanteio. Douglas levantou para a área e Guerrero escorou: 1 a 0, aos 29 min da etapa inicial.

Cássio foi um mero espectador no primeiro tempo. O Al Ahly ameaçava basicamente em cruzamentos à área em faltas ou escanteios.

A vantagem de 1 a 0 ainda deixava o time corintiano preso, se precavendo de possíveis ataques rivais. Paulinho evitava jogadas de infiltração no começo do 2º tempo.

Timidamente o Al Ahly foi saindo para o jogo no segundo tempo. Rabia arriscou de longa distância, assustando Cássio. O time egípcio passou a ter as melhores chances.

Tite notou a queda de rendimento do time e chamou Romarinho, que entrou em campo aos 30 min da etapa final. Quem saiu foi Emerson, apagado no jogo.

Pouco depois Jorge Henrique substituiu Douglas. Assim como no primeiro tempo, o time paulista atacou muito pouco.

Da forma como o Corinthians recuou, o 1 a 0 era goleada. O time esperou o apito final para enfim respirar aliviado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Casos de coronavírus em Mato Grosso do Sul dobram em uma semana
COVID-19
Justiça concede prisão domiciliar ao ex-deputado federal Edson Giroto
SEU BOLSO
FGTS: trabalhador tem até hoje para fazer saque de até R$ 998
REGIÃO
Ex-assessor de Mandetta é encontrado morto em apartamento na Capital
TEMPO
Terça-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
TRÊS LAGOAS
Homem é preso ao tentar furtar 1,4 quilo de picanha de mercado
SAÚDE
Mariano, da dupla com Munhoz, é diagnosticado com o novo coronavírus
CORONAVÍRUS
OAB nacional adia publicação dos próximos editais de exame de ordem
POLÍTICA
Governo vai cruzar dados para o pagamento do auxílio de R$ 600
UEMS
Universidade da Melhor Idade suspende aulas por tempo indeterminado

Mais Lidas

FRONTEIRA
Acidente na MS-164 em Ponta Porã leva pai e filho a óbito
DOURADOS
Homem entra em veículo e anuncia assalto com arma de brinquedo; vídeo
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta