Menu
Busca segunda, 06 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Refrigerantes e sucos industrializados são ligados a 180 mil mortes/ano

20 março 2013 - 11h04

#####Folha

O consumo de refrigerantes, sucos industrializados e outras bebidas açucaradas pode estar associado a cerca de 180 mil mortes por ano no mundo, de acordo com uma pesquisa apresentada nesta semana no congresso da Associação Americana de Cardiologia.

Os autores da pesquisa usaram dados do estudo "The Global Burden of Disease" (literalmente, "O Peso Global da Doença") de 2010 e relacionaram a ingestão de bebidas açucaradas a 133 mil mortes por diabetes, 44 mil mortes por doenças cardiovasculares e 6.000 mortes por câncer. Cerca de 80% dessas mortes ocorreram em países de rendas média e baixa.

Especialistas afirmam que o consumo dessas bebidas pode gerar resistência à insulina e levar ao diabetes tipo 2, além de aumentar o risco de obesidade.

Os pesquisadores calcularam as quantidades consumidas dessas bebidas por idade e sexo, os efeitos desse consumo na obesidade e no diabetes e o impacto das mortes relacionadas a essas doenças.

A América Latina e o Caribe tiveram o maior número de mortes por diabetes relacionadas ao consumo de bebidas adoçadas em 2010. Entre os 15 países mais populosos, o México teve a maior taxa de mortes por causa da ingestão das bebidas.

À CNN, a Associação Americana de Bebidas disse à que o estudo traz "mais sensacionalismo do que ciência".
A Associação Americana de Cardiologia recomenda que os adultos consumam menos de 450 calorias por semana de bebidas adoçadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Procon Estadual detecta diferença de até 100% em produtos de chocolate
HOJE
Live às 18 horas: atenção empreendedor
COVID-19
Barreiras sanitárias já abordaram 27 mil pessoas desde do início das atividades
Quaresma
Peixes para uma alimentação saudável
BRASIL
Produção nacional de automóveis tem queda de 21,8% em março
INFRAESTRUTURA
Córrego Rego D'Água receberá obras de urbanização
DOURADOS
Expoagro é adiada para setembro por causa de pandemia
COVID-19
MS registra mais um caso e investiga morte suspeita de coronavírus
DOURADOS
Coronavírus não deve tirar foco da dengue, diz Marçal Filho
BONITO
Homem é autuado em R$ 70 mil por incêndio para renovação de pastagem

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
DOURADOS
Homem agride gestante e é assassinado a pauladas em favela
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior