Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Cônsul do Brasil intercede junto à Justiça boliviana

05 setembro 2004 - 10h30

Os três empresários sul-mato-grossenses que tentam reaver aeronaves roubadas entre novembro de 2003 e março deste ano em Corumbá e Campo Grande, receberam o auxílio do Cônsul do Brasil na Bolívia, Valsiro Pedro de Lima, que os acompanhou até o Ministério Público de La Nácion Boliviana para dar entrada na petição que busca o retorno das quatro aeronaves identificadas, para o Brasil. Porém, a visita se deu em meados de julho e não foi suficiente para coibir a morosidade judicial do país vizinho. Um dos empresários requerentes, Emerson Belaus de Carvalho Pereira, conta que já esteve por três vezes em solo boliviano, desde junho, e reclama a “falta de um apoio maior por parte do Governo brasileiro”. No entanto, acordo tratado pelo Mercosul determina que veículos e embarcações roubadas que ultrapassam as fronteiras do País sejam devolvidos assim que constatada origem. O problema, explica o empresário, é que a legislação é deficiente no que se refere a aeronaves. Outro fato que tem atrasado a liberação é que os bolivianos, “novos proprietários das aeronaves”, entraram com liminar na Justiça impedindo a perícia técnica nas aeronaves, única forma de provar a verdadeira origem das máquinas. Enquanto isso, os brasileiros atêm-se a enviar petições traduzidas e lavradas pela embaixada brasileira na Bolívia, que buscam agilidade ao processo.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Motorista tem perna esquerda estilhaçada em explosão de compressor de ar
IstoÉ
Michelle Bolsonaro perde processo e terá de pagar indenização de R$ 15 mil
CAPITAL
Preso, rapaz diz que espancou idoso por ele 'mexer' com sobrinho de 1 ano
UEMS
Mestrado em Educação Científica e Matemática prorroga inscrições até junho
CORUMBÁ
Após assaltar papelaria, ladrão tenta fugir para mata e invade residência
SAÚDE
Diretora do Conselho de Farmácia alerta para uso irracional de medicamentos
Polícia do Paraguai apreende cocaína escondida em chifre ornamental
GOVERNO BOLSONARO
Ocupação irregular na Amazônia cresceu 56% em dois anos, diz instituto
ANTÔNIO JOÃO
Homem é preso por tentar matar adolescente de 17 anos a tiros
REGIÃO
Inscrições para processo seletivo de estágio em Angélica são prorrogadas

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS