Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 9860-3221

Começa nesta quarta-feira a Copa do Brasil 2004

04 fevereiro 2004 - 08h51

Nesta quarta-feira começa a Copa do Brasil, segunda principal cometição do país e cobiçada por ser o "caminho mais rápido para a Libertadores". Atalho que termina exatamente no dia 23 de junho, data marcada para o segndo jogo da final.Este ano, os dois últimos campeões brasileiros não estão entre os 64 que disputam o torneio: Cruzeiro e Santos já disputam a competição sul-americana este ano e, por isso, estão fora. Pelo mesmo motivo, Coritiba, São Paulo e São Caetano também não participam.O regulamento de 2004 mantém as regras dos anos anteriores. Gols fora de casa valem como critério de desempate e a vitória por dois ou mais gols de diferença fora de casa nas três primeiras fases garante a vaga de forma antecipada. Com isso, os grandes clubes entram sempre com o objetivo de eliminar o jogo de volta e ganhar alguns dias de preparação.- Mas temos que entrar com todo o respeito. A motivação tem que ser igual à de um jogo contra uma seleção nacional - diz o técnico Geninho, do Vasco.Os grandes clubes, tradicionalmente favoritos ao título, se dividiram basicamente em dois grupos, embora unidos pela vontade de dar a volta por cima em 2004 e voltar a sorrir com títulos: aqueles que investiram em contratações e aqueles que mantiveram a base do ano passado.No primeiro grupo, Corinthians e Fluminense lideram os clubes que investiram em reforços. Os dois clubes praticamente montaram novas equipes. No Rio, os tricolores têm um super-ataque, com Romário e Edmundo sendo devidamente municiados por Ramon e Roger. Este último, recém-contratado, ainda não estréia contra o Caxias, em Santa Catarina. Na defesa, Leonardo Moura e André Luiz chegaram para ajudar o zagueiro prata da casa Rodolfo e o veterano goleiro Kléber a segurar os adversários.Já o Timão investiu em nomes menos badalados, alguns que estavam até sem clube no ano passado. É o caso do meia Rodrigo (ex-Botafogo) e do volante Rincón, ídolo da Fiel e que já tem no currículo um título mundial pelo Corinthians em 2000. Entre os principais reforços, o clube ainda trouxe o meia Adrianinho, da Ponte, e os atacantes Marcelo Ramos e Régis Pitbull, antigo torcedor de arquibancada do clube e que logo conquistou a torcida. O Corinthians estréia contra o Botafogo-PB, em João Pessoa.Quem também investiu em contratações foi o Atlético-MG, apesar de seus reforços serem bem menos badalados. O clube quer esquecer o ano de tortura que teve em 2003 com o sucesso do rival Cruzeiro. Para isso, trouxe o técnico Bonamigo, que comandou o Coritiba na ótima campanha do Brasileirão-2003, além do atacante Alex Mineiro, que se destacou nas finais do Brasileiro de 2001 pelo Atlético-PR. Entre os que investiram menos, destacam-se Botafogo e Palmeiras, que mantiveram a base das vitoriosas equipes da Série B 2003, e Flamengo e Vasco, que sofreram pouquíssimas mudanças desde o ano passado. O Verdão trouxe apenas Adriano Chuva como nome pelo menos um pouco conhecido. No mais, as esperanças continuam depositadas nos pés de Vágner Love, artilheiro da segundona. Entre os três cariocas, o Bota foi o que menos mudou. O alvinegro chegou a flertar com Rivaldo, mas se contentou com Alex Alves. De perda, apenas o zagueiro Edgar, que voltou ao Atlético-MG e foi substituído por João carlos, ex-Corinthians e Seleção Brasileira.No Vasco, a principal novidade estará no banco, pelo menos nas primeiras rodadas. O técnico Geninho substitui Mauro Galvão tentando dar à equipe o padrão de jogo que não teve em 2003. Para ajudá-lo, chegam Marcelinho Carioca e Alex Alves. Os dois ainda vão demorar a estrear. Enquanto o meia está lesionado, o atacante acaba de fechar com o clube e ainda não entrou em forma. Outro que teve poucas mudanças foi o Flamengo, único carioca campeão da Copa do Brasil. Finalista no ano passado, o rubro-negro vem com diretoria nova. O presidente Márcio Braga e o diretor técnico Júnior tentam implementar mais profissionalismo no clube, acabando com a turma do chinelinho, que tanto irritou a torcida. Entre os reforços, o principal nome é o zagueiro Júnior Baiano. Mas o craque do time continua sendo o meia Felipe, que já começou o ano com um atuação de gala no Fla-Flu de domingo.- Ano passado eu tive muitas contusões, mas agora espero dar continuidade ao meu trabalho e ter uma seqüência de jogos. A Seleção continua nos meus planos - diz FelipeMas o mata-mata da Copa do Brasil ainda permite suspresas durante a competição. Assim o Criciúma, por exemplo, conquistou o título em 1991, sob o comando de Luis Felipe Scollari. Mais recentemente, foi o Juventude quem levou a melhor, segurando o Botafogo no Maracanã lotado e levando o caneco de1999.As fichas estão lançadas. Resta torcer pela conquista do título e, em último caso, pelo sucesso do campeão na Libertadores 2005.Confira os jogos da primeira rodada:04/02Prudentópolis x São Gonçalo São Gabriel x Figueirense ASA x Brasiliense Maranhão x Botafogo Paranavaí x Gama Palmas x Remo Nilton Parnaíba x Nacional-AM Flamengo-PI x Vasco Sergipe x Americano Atlético Roraima x Sport Botafogo-PB x Corinthians Ferroviário x América-RN Atlético-PB x Fortaleza América-RJ x Londrina Caxias-SC x Fluminense Tupi x Bangu Barra x Santa Cruz Tuna Luso x Palmeiras SERC x Grêmio CRB x Flamengo

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Délia diz que nova definição sobre comércio será anunciada até dia 7
CAPITAL
Ministro da Saúde publica homenagem a amigo encontrado morto em MS
FUTEBOL DE MS
Desde 2013, líder da primeira fase do Estadual não fica com o título
COVID-19
Comitê popular faz campanha de arrecadação de alimentos para ajudar pessoas durante a pandemia
ALTA INCIDÊNCIA
Dourados confirma 556 casos de dengue e 185 notificações aguardam resultado
DOURADOS
"Ela disse que baixaria a pomba-gira e mataria a minha mãe", diz homem que matou travesti a facadas
MS
Jornalista acusa vereador de tentar arrombar rádio durante programa ao vivo
DOURADOS
Jovem é detido em hipermercado após roubar carne, extensão, chinelo e escovas
COMER BEM
Pizza com borda recheada e massa fresca
PANDEMIA
Governo de MS estima perda de quase R$ 1 bilhão no orçamento estadual por causa do Covid-19

Mais Lidas

FRONTEIRA
Acidente na MS-164 em Ponta Porã leva pai e filho a óbito
DOURADOS
Homem entra em veículo e anuncia assalto com arma de brinquedo; vídeo
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta