Menu
Busca domingo, 07 de junho de 2020
(67) 99659-5905
JUDICIÁRIO

CNJ e Ministério da Saúde autorizam enterros e cremações sem atestado de óbito

31 março 2020 - 21h20Por G 1

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Ministério da Saúde assinaram portaria nesta terça-feira, dia 31 de março, com mudanças no procedimento para o enterro ou cremação de pessoas mortas durante a pandemia causada pelo novo coronavírus.

A portaria autoriza o sepultamento e a cremação de pessoas sem a necessidade de um atestado de óbito registrado em cartório. Isso será possível na ausência de familiares, por exemplo. Os atestados poderão ser elaborados até 60 dias depois da morte de um paciente.

Para que o documento seja feito posteriormente, os serviços de saúde devem registrar uma série de dados: características físicas, fotografias, impressões digitais e cópia dos prontuários.

A medida determina também que, em casos de mortes por doença respiratória, onde haja a suspeita do novo coronavírus, devem constar nos dados relacionados ao óbito que a causa da morte é "provável para Covid-19" ou "suspeito para Covid-19".

Sem velório

Desde o início da pandemia, diversos estados emitiram recomendações locais para evitar o risco de contaminação durante o cortejo fúnebre de vítimas da Covid-19. Em São Paulo, por exemplo, a orientação inclui caixões lacrados e velórios com limitação de "público" e duração.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Filho de Flávio Migliaccio desabafa sobre morte do pai
CLIMA
Em sábado frio, temperatura não passou dos 20°C em Dourados
COM PREMIAÇÃO
Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul selecionará 150 projetos
MEIO AMBIENTE
Prevenção e combate a incêndios florestais em MS envolverá setor público e privado
SIDROLÂNDIA
Homem que estava desaparecido é encontrado morto sem as orelhas em açude
BRASIL
Prefeito de Santa Quitéria do Maranhão morre por Covid-19
BRASIL
Estudo defende aprimoramento de norma que avalia endividamento público
CAPITAL
Vítima salta de porta-malas com carro em movimento para fugir de bandidos
BRASIL
Bolsonaro defende divulgação atrasada e parcial de dados
SAÚDE
CCZ notifica seis pessoas para limpar quintal neste sábado, em Dourados

Mais Lidas

PANDEMIA
Dourados bate novo recorde e se aproxima de 500 casos de coronavírus
DOURADOS
Suspeito de apontar arma na cabeça de motoboy para roubar veículo é apreendido
DOURADOS
Polícia descobre central que abastecia “bocas de fumo” e prende traficante
PANDEMIA
“Há projeções de que o pior está por vir”, diz secretário após apresentar números da Covid