domingo, 26 de maio de 2024
Dourados
12ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
MOVIMENTAÇÃO AÉREA

Cerca de 7,5 milhões de passageiros voaram pelo país em março, segundo a Anac

23 abril 2024 - 13h19Por Ministério do Turismo

O setor aéreo movimentou cerca de 7,5 milhões de passageiros no país em março deste ano. Foi o que trouxe o mais recente levantamento da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O número é 0,5% maior do que o registrado em 2023, quando 7,42 milhões de pessoas usaram o avião como meio de transporte dentro do Brasil.

"Estamos estimulando os brasileiros a conhecerem nossos variados atrativos que enchem os olhos de quem busca ecoturismo, turismo cultural, gastronômico e histórico. Assim, contribuímos para movimentar a economia em todas as regiões do país, o que é bom para todo mundo ", enfatiza o ministro do Turismo, Celso Sabino.

Os aeroportos de São Paulo concentraram a maior parte dos passageiros. Em Guarulhos foram cerca de 2,1 milhões; Congonhas computou 1,8 milhão e em Campinas mais de 904,4 mil passageiros passaram pelo terminal. Na capital Brasília, o fluxo foi de 1,1 milhão, colocando o aeroporto como o terceiro mais movimentado em março.

O trecho mais popular foi entre o terminal de Congonhas (SP) para o de Santos Dumont (RJ), com mais de 318 mil passageiros trafegando entre os dois aeroportos. Logo em seguida aparecem as rotas Congonhas (SP)/Brasília (DF), com mais de 198,3 mil e Congonhas/Porto Alegre, com quase 170 mil passageiros.

Incentivo – Motivar os brasileiros a viajarem pelos destinos nacionais é uma das prioridades do Ministério do Turismo. No ano passado, o MTur lançou programas para ampliar as opções de voos e para possibilitar financiamentos de viagens, com taxas e prazos atrativos, estimulando os brasileiros a conhecerem as belezas do Brasil.

A parceria com o Ministério de Portos e Aeroportos, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) e as principais companhias aéreas nacionais possibilitou o “Conheça o Brasil: Voando”, que disponibilizou 94 novos voos para a alta temporada; a oferta de “stopover”; a adesivagem da frota de aeronaves com imagens de destinos nacionais e a divulgação de mensagens de áudio dentro dos aviões, estimulando as visitas aos nossos variados atrativos.

Com o Banco do Brasil foi lançado o “Conheça o Brasil: Realiza”, que disponibilizou uma linha de crédito específica e mais atraente das que são praticadas no mercado, para financiamento de pacotes e compra de atrativos turísticos em todo o país.

E, para estimular o turismo cívico, foi lançado o “Conheça o Brasil: Cívico”, que tem como foco incentivar estudantes, professores e pesquisadores a visitarem destinos que os conectem à história brasileira. O projeto piloto está sendo implantado em Brasília e nas cidades do seu entorno.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUL DO PAÍS

Vale do Taquari: Exército vai refazer travessias levadas pelas cheias

BRASIL

Novos títulos verdes financiarão economia circular e saneamento

MATO GROSSO DO SUL

Chefes de unidades de investigação de homicídios debatem índice nacional em reunião

RIO GRANDE DO SUL

Prefeitura usa sacos para fechar comportas danificadas em Porto Alegre

SAÚDE

UTIs vão reforçar hospitais de campanha no Rio Grande do Sul

MATO GROSSO DO SUL

Mulher que usou espingarda de pressão para machucar cachorro é presa

BRASIL

Saúde lança nova campanha de vacinação contra covid-19

ARTIGO

A exploração política de uma tragédia...

POLÍCIA

Animais em situação de maus tratos são resgatados em Corumbá

ESPORTE

Brasil encerra Mundial de Atletismo com mais seis medalhas

Mais Lidas

'SEGURANÇA LEGAL'

Empresas clandestinas de segurança são alvos de Operação da Polícia Federal em MS

DOURADOS 

Alerta de Frio: Temperaturas em Dourados devem cair no final de semana

NOVIDADE

Dourados poderá ter corredor gastronômico na avenida Weimar Torres

TEMPO

Inmet divulga alerta de tempestade para Dourados e região