Menu
Busca sexta, 14 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Central de Compras de MS é modelo para o Brasil

25 agosto 2004 - 11h52

O Governo de Mato Grosso do Sul, através da Superintendência de Compras e Suprimentos da Secretaria de Gestão Pública é modelo para todo o país graças ao sistema centralizado e informatizado adotado pela Central de Compras desde 1999. Representantes de governos de estados como Paraíba e Sergipe já visitaram a superintendência para conhecer o sistema, que tem como principais vantagens a economia de recursos públicos destinados à licitações, desburocratização, rapidez e visibilidade do processo licitatório.Segundo o superintendente de Compras e Suprimentos, Waldorimo Morelli Júnior, a experiência e informações sobre a Central de Compras de Mato Grosso do Sul estão à disposição para outros estados recebendo elogios inclusive do Tribunal de Contas da União, que indica o Governo Popular como modelo a ser implantado em estados como o Sergipe. “Desde março desse ano estamos mudando nosso sistema de compras e viemos a Mato Grosso do Sul para conhecer o sistema centralizado implantado aqui há vários anos e que está em processo adiantado, organizado padronizado que se adequa a nossos interesses, afirmou o superintendente da Central de Compras de Sergipe, Luciano Paz Xavier.Além da informatização e centralização da Central de Compras, houve também a qualificação dos servidores e a mudança gradual das modalidades de licitação. “Hoje, cerca de 85% das licitações de Mato Grosso do Sul são feitas através da modalidade pregão, substituindo as modalidades convite, tomada de preço e concorrência”, afirmou Morelli. Os pregões podem ser eletrônicos, com negociações através da Internet ou presencial, quando os empresários negociam diretamente na Central de Compras. Os resultados são a maior visibilidade aos processos licitatórios e a rapidez, já que o tempo médio passa de até 60 dias para cerca de 20 dias.O Sistema de Rede de Preços da Central de Compras é o mais avançado do país, onde é feita uma licitação de determinado item uma vez ao ano para atender todos os órgãos públicos estaduais. São 5 mil itens adquiridos dessa forma através do sistema. “Dessa maneira, ocorre uma maior competitividade entre as empresas, a burocracia diminui e conseguimos economizar”, explicou Morelli.No ano passado, foram reservados para licitações pelo Governo Popular R$ 242,6 milhões, dos quais R$ 207,8 milhões foram licitados, o que resultou em uma economia de R$ 34,7 milhões, 14,34%. Somente no primeiro semestre de 2004, a economia do governo estadual foi de 22,03% ou R$ 35,3 milhões, já que foram reservados R$ 160,5 milhões para licitações e usados desse total R$ 125,2 milhões. A economia permite ainda que o Governo do Estado invista mais recursos em licitações, como pode ser observado comparando-se o que foi investido em licitações no primeiro semestre de 2003, R$ 41,1 milhões, com as compras efetuadas no mesmo período de 2004, R$ 125,2 milhões. “O serviço de compras centralizado e informatizado permite um trabalho mais rápido e conseqüentemente, um governo mais efetivo e competente”, analisou Morelli. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SELEÇÃO
UEMS divulga novas chamadas para matrícula
Capivara invade motel em Dourados e é resgatara pela PMA
RESGATE
Capivara invade motel em Dourados e é resgatara pela PMA
Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa divulga normas e data de eleição
MS
Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa divulga normas e data de eleição
Ipea: inflação desacelera para todas as faixas de renda em abril
ECONOMIA
Ipea: inflação desacelera para todas as faixas de renda em abril
Dourados se aproxima de 29 mil casos de coronavírus e registra mais três óbitos
PANDEMIA
Dourados se aproxima de 29 mil casos de coronavírus e registra mais três óbitos
MS
Sejusp autoriza promoção funcional Ano Base 2020 de 86 servidores da Polícia Civil
RIO NEGRO
Lobinho atropelado é resgatado às margens de rodovia de MS
DOURADOS
Concessão de terrenos é feita e auxilia no fomento de indústrias locais
PANDEMIA
MS soma mais de 890 mil doses de vacinas aplicadas contra o coronavírus
POLÍTICA
Em MS, Bolsonaro defende voto impresso e diz que só perde para Lula na fraude

Mais Lidas

DOURADOS
Descontrolado, pastor xinga policiais por ser orientado a diminuir som de igreja
PESQUISA
Estudo confirma presença de dinossauros em Mato Grosso do Sul
ARTISTA
Desenhista de MS "consagrado" por Silvio Santos terá novo encontro com apresentador
CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP