Menu
Busca sábado, 05 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA DE GASTOS

CCJ aprova por unanimidade cobrança por tornozeleira eletrônica

13 setembro 2017 - 17h20

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou o Projeto de Lei 310/2016 que obriga o condenado a pagar pelas despesas com a tornozeleira eletrônica. A proposta também autoriza que o pagamento seja descontado da remuneração do trabalho do preso.

A proposta é terminativa, ou seja, se não houver recurso para que seja votada em Plenário, seguirá direto para a Câmara dos Deputados.

Foi apresentada emenda ao projeto que permite que haja advertência, regressão do regime, revogação da autorização da saída temporária ou da prisão domiciliar em caso de o condenado não ressarcir as despesas com o monitoramento eletrônico.

A emenda também permite isentar presos hipossuficientes deste gasto, a fim de não se criar distinção injusta no tratamento de presos com boas condições financeiras dos que sejam pobres.

Segundo o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), o sistema de monitoramento eletrônico custa, em média, R$ 300 por mês por cada preso.

Atualmente, cerca de 18 mil presos utilizam a tornozeleira eletrônica. Cerca de mil presos estariam aguardando a concessão do equipamento. O estado onde há mais tornozeleiras eletrônicas disponíveis é Paraná (5,3 mil). Amapá, Bahia, Roraima e o Distrito Federal informaram não ter presos monitorados pelo equipamento.

A tecnologia é importante alternativa para diminuir os custos do sistema penitenciário. Um preso custa cerca de R$ 2 mil por mês em um presídio, e a tornozeleira, cerca de R$ 300.

O Governo investiu cerca de R$ 23 milhões neste programa, prevendo a possibilidade de atender até 40 mil condenados. Segundo o CNJ, há 622 mil presos no Brasil atualmente.

A monitoração eletrônica pode ser aplicada aos condenados do regime semiaberto, durante as saídas temporárias, aos que cumprem prisão domiciliar, bem como aos presos provisórios. O equipamento permite o retorno do condenado ao convívio social, evitando o risco de fugas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tio e adolescente são encontrados, mas criança continua desaparecida
CAMPO GRANDE
Tio e adolescente são encontrados, mas criança continua desaparecida
COVID-19
STF julgará ações sobre plano de vacinação do governo no próximo dia 17
REGIÃO
UFGD prorroga as inscrições do Vestibular da Educação a Distância
FUTEBOL
Fifa anuncia que Mundial de Clubes de 2021 será no Japão
CAPITAL
Mulher tem arma empurrada contra o pescoço durante assalto
JUSTIÇA
Autor de agressões que vitimaram jovem deve indenizar família da vítima
GOLPE
Homem perde cerca de R$ 19 mil ao tentar comprar carro pela internet
PRESIDÊNCIA
Mourão diz que parte dos assessores de Bolsonaro distorce fatos
BR-381
Ônibus irregular cai de viaduto e deixa 14 mortos em Minas Gerais
FUTEBOL
TJD/MS atende pedido do Comercial e suspende semifinal do Estadual

Mais Lidas

DOURADOS
Novo decreto não autoriza horário estendido do comércio em dezembro
TRÊS LAGOAS
Mãe vê menina com vizinho ao chegar do trabalho e descobre estupro
ECONOMIA
Pessoas que receberam auxílio emergencial irregular serão cobradas por SMS
PANDEMIA
Com novo óbito, Dourados confirma sexta morte por Covid em quatro dias