Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
TRABALHO

Caged de outubro indica saldo de 76 mil empregos, melhor resultado do ano

20 novembro 2017 - 18h05Por Agência Brasil

Números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) que acabam de ser divulgados pelo Ministério do Trabalho mostram que houve crescimento de 76.599 postos de trabalho em outubro, variação positiva de 0,20% em relação ao mês de setembro.

O resultado do saldo de empregos é o melhor do ano, de acordo com o ministério.

O resultado final de outubro leva em conta 1.187.809 admissões contra 1.111.220 desligamentos. No acumulado do ano, o crescimento é de 302.189 empregos, expansão de 0,79% em relação a dezembro de 2016.

Nos últimos 12 meses, o resultado ainda é negativo, com redução de 294.305 postos de trabalho.

O número corresponde a uma retração de 0,76% em relação aos empregos celetistas para o mesmo período de outubro de 2016.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Aluno que passou mal após ingerir merenda estragada será indenizado
MATO GROSSO DO SUL
Lei obriga Detran a notificar motorista sobre o vencimento da CNH
APÓS DECRETO
“Jamais esteve sob análise privatizar o SUS”, diz Guedes
ICTIOFAUNA
Ação conjunta inicia hoje operação para coibir atividades ilegais no rio Paraná
MS
Fundação de Cultura prorroga inscrições de mais 14 editais até 02 de novembro
PANDEMIA
Em ação preventiva contra a Covid, PGE suspende atendimento em cidade de MS
COCAÍNA
Dupla de irmãos gerenciavam 'boca de fumo' em bairro de Campo Grande
'SELVAGEM'
Papa Francisco condenou ataque que matou três pessoas em igreja na França
NA CAPITAL
Abordagens de rotina resultam na apreensão de 26 kg de maconha
PANDEMIA
Dourados tem 548 casos ativos de Covid; 16 estão internados em leitos de UTI

Mais Lidas

DOURADOS
Enquanto filma chuva, interno mostra ‘plantação’ de maconha em cela da PED
BR-463
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
PANDEMIA
Menino de 5 anos é a primeira criança a morrer de coronavírus em MS
PROCURADO
Acusado pela morte de ator falsificou documento e disse ter nascido em MS