Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
IMUNIZAÇÃO

Cabe a estados decidir vacinação de adolescentes, diz Lewandowski

21 setembro 2021 - 22h20Por G 1

O ministro Ricardo Lewandowski, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou nesta terça-feira, dia 21 de setembro, que estados e municípios podem decidir sobre a vacinação de adolescentes sem comorbidades.

Segundo o ministro, os gestores locais devem seguir recomendações técnicas para esse público-alvo, seguindo as orientações dos fabricantes de vacinas, da comunidade científica e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

O ministro analisou uma ação do PSB contra a orientação do Ministério da Saúde para que não sejam vacinados contra a Covid-19 adolescentes entre 12 e 17 anos sem comorbidades.

Segundo informou a TV Globo no último sábado (18), 20 capitais e o Distrito Federal mantiveram a vacinação para essa faixa etária, mesmo com a recomendação contrária da pasta.

Na última quinta-feira (16), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou que não há evidências que justifiquem a alteração da recomendação para uso do imunizante da Pfizer em todos os adolescentes entre 12 e 17 anos.

O posicionamento da Anvisa diverge da decisão do Ministério da Saúde, que limitou o uso somente aos grupos prioritários (deficiência permanente, comorbidades e privados de liberdade).

A decisão do ministro

Na decisão, Lewandowski afirmou que a orientação do Ministério da Saúde de suspender a vacinação de adolescentes sem comorbidades não tem base científica.

"O ato do Ministério da Saúde aqui questionado não encontra amparo em evidências acadêmicas, nem em análises estratégicas (...) e muito menos em standards, normas e critérios científicos e técnicos, estabelecidos por organizações e entidades internacional e nacionalmente reconhecidas", escreveu.

O relator considerou que, caso governos locais decidam vacinar a faixa etária de 12 e 17 anos, podem tomar essa providência, adequando as diretrizes do plano de vacinação às suas situações específicas, desde que informem amplamente à população. Também ressaltou que a vacinação de professores e adolescentes é essencial para garantir a retomada das aulas presenciais.

Lewandowski faz referência a posicionamentos de agências de saúde estrangeiras favoráveis à vacinação do grupo. Além disso, afirmou que mudanças repentinas em orientações e sem base técnica acabam por prejudicar políticas públicas de saúde, podendo aumentar o número de mortes e contaminações pela doença.

Segundo o advogado Rafael Carneiro, que representa o PSB na ação, "o Supremo Tribunal Federal privilegia, mais uma vez, o direito à vida e à saúde, em meio às políticas desastrosas do governo federal em relação à pandemia”.

A ação do partido

Ao Supremo, o PSB alertou sobre os efeitos da orientação do Ministério da Saúde, que já foi alvo de críticas de especialistas.

"O referido ato possui o condão de comprometer toda a campanha de vacinação contra o novo coronavírus, sendo que a quase unanimidade de especialistas, órgãos e entidades técnico-científicas asseveram a importância da vacinação do referido grupo etário", afirmaram os advogados da sigla.

A legenda ressaltou ainda que a suspensão da vacinação para adolescentes sem comorbidades viola normas constitucionais, como as que estabelecem o direito à saúde, especialmente de pessoas nesta faixa etária; e o direito à educação, já que a medida tem o potencial de dificultar o retorno seguro às escolas, na modalidade presencial.

"O ato ora questionado não apenas viola o dever constitucional do Estado de assegurar a saúde de todos, como também tem o condão de gerar a desinformação e medo, além de desestimular a população a se vacinar, o que é devastador em um cenário de pandemia".

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dia da alimentação alerta para relação entre fome e mudança climática
DIREITOS HUMANOS
Dia da alimentação alerta para relação entre fome e mudança climática
MS recebe equipes de reforço de outros estados para reparo de energia elétrica
TEMPORAL
MS recebe equipes de reforço de outros estados para reparo de energia elétrica
POLÍCIA
Polícia prende autor de furto e receptador em Jardim
Mototaxista é preso por tráfico de drogas em Costa Rica
POLÍCIA
Mototaxista é preso por tráfico de drogas em Costa Rica
Filhotes de bem-te-vi são regatados após temporal
MEIO AMBIENTE
Filhotes de bem-te-vi são regatados após temporal
PANDEMIA
Comissão debate políticas públicas de apoio a vítimas de Covid-19
UNIÃO
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável
DOURADOS
Com a cidade tomada por árvores caídas, Exército participa de mutirão de limpeza
TRAGÉDIA
Bombeiros encontram mais três corpos e número de mortos em naufrágio chega a seis
DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO 
Voluntários participam de nova edição do "Marmitaço" contra fome em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia indicia três e recupera R$ 32 milhões de golpe milionário em empresa
DOURADOS
Asfalto de avenida cede na região Norte e trânsito é interrompido
CLIMA
ASSUSTADOR: Vídeo mostra chegada da tempestade de poeira em Dourados
CLIMA
Ventos de 40 km/h causam estragos em Dourados