Menu
Busca domingo, 13 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Brasília sedia Conferência Nacional dos Povos Indígenas

13 abril 2006 - 10h40

Cerca de 800 delegados representantes de 225 etnias estarão reunidos durante sete dias na 1ª Conferência Nacional dos Povos Indígenas, aberta na noite de ontem, para debater os principais problemas enfrentados pelas comunidades.Segundo Paulo Cipassé Xavante, líder indígena em Mato Grosso, o encontro promovido pela Funai (Fundação Nacional do Índio) abre espaço para que as próprias lideranças discutam em profundidade as dificuldades. "Estamos muito ansiosos, porque estamos em um momento crítico tanto na área da saúde, quanto na de educação e na da questão latifundiária. Esse é o momento de buscarmos, juntos, uma solução", afirmou. Durante a Conferência, acrescentou, será formada uma comissão para escolher 18 membros indígenas que integrarão, juntamente com duas organizações e mais 20 representantes não-indígenas, o Conselho Indigenista. Para o líder xavante, o Conselho irá auxiliar os trabalhos da Funai e do governo: "O Conselho não quer substituir o papel da Funai e não vai resolver o problema indígena, mas tem um caráter político no sentido auxiliar".O presidente da Funai, Mércio Pereira Gomes, informou na solenidade de abertura da Conferência que as propostas elaboradas no encontro, fruto das discussões promovidas em nove conferências preparatórias realizadas no ano passado, serão encaminhadas aos órgãos governamentais responsáveis por cada área de atuação, como educação, desenvolvimento social, saúde, entre outros. "Essa é uma Conferência global, que reúne todas as conferências específicas de educação, saúde, meio ambiente", salientou ele.Durante a cerimônia foi lançada a Campanha Nacional de Direitos dos Jovens Indígenas. O movimento, que pretende mobilizar e pressionar a sociedade e os órgãos responsáveis, é fruto de pesquisas realizadas desde 2004 com 5.458 índios de 12 a 24 anos, de 71 etnias. Nos 51 encontros já promovidos foram discutidas questões relativas a alcoolismo, prostituição, gravidez precoce e uso de drogas, entre outras. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é executado a tiros na rodoviária de Nova Alvorada do Sul
REGIÃO
Homem é executado a tiros na rodoviária de Nova Alvorada do Sul
Mega-Sena 'Namorados': uma aposta acerta as seis dezenas e ganha R$ 43 milhões
LOTERIA
Mega-Sena 'Namorados': uma aposta acerta as seis dezenas e ganha R$ 43 milhões
Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir
PANDEMIA
Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir
Domingo tem tempo ameno e máxima não passa de 24 graus
CLIMA
Domingo tem tempo ameno e máxima não passa de 24 graus
Queiroga anuncia chegada de 3 milhões de doses da vacina Janssen
SAÚDE
Queiroga anuncia chegada de 3 milhões de doses da vacina Janssen
BRASIL
Historiadora traça paralelo entre a gripe espanhola e a pandemia de Covid-19 em evento do STF
BRASIL
Covid-19: projeto oferece apoio psicológico online para superar o luto
ESPORTE
Olimpíada: Fernando Reis e Jaqueline Ferreira se classificam
BRASIL
Prova de vida pode ser feita sem sair de casa
DOURADOS
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado

Mais Lidas

FLEXIBILIZAÇÃO
Decreto que libera atividades comerciais a partir de domingo é publicado
EMOCIONATE
VIDEO: Recuperada da Covid-19, douradense é recebida pela mãe em Rondônia
LOCKDOWN
Decreto flexibiliza atendimento via delivery no Dia dos Namorados em Dourados
LOCKDOWN
Fiscalização encontra funcionários dentro de filial das Casas Bahia em Dourados