Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Brasileira ganha o prêmio Príncipe das Astúrias de Letras

15 junho 2005 - 08h08

A escritora brasileira Nélida Piñon foi agraciada nesta quarta-feira com o prêmio Príncipe das Astúrias de Letras, o primeiro de 2005 concedido a um latino-americano.Ao anunciar sua decisão em Oviedo (Astúrias, norte), o júri presidido por Víctor García de la Concha, diretor da Real Academia Espanhola da Língua (RAE), afirmou que Piñon, também jornalista, tem sido "aclamada pela crítica como a voz mais destacada da literatura brasileira e transportou ao âmbito universal a complexa realidade da Ibero-América".Sua obra, publicada em mais de 20 países e traduzida para dez idiomas, possui uma "prosa rica em registros, que incorpora com extraordinário brilhantismo as distintas tradições e raízes culturais do continente latino-americano", explica o júri.Piñon, que já recebeu vários prêmios literários e homenagens universitárias, foi eleita entre 31 candidaturas procedentes do Canadá, Estados Unidos, Holanda, Hungria, Índia, Israel, Kuwait, México, Noruega, Peru, Portugal, República Dominicana, Reino Unido, Suécia e Espanha.O júri também estava integrado por Andrés Amorós, Pedro Casals, Enrique Krauze, Fernando Sánchez Dragó e Darío Villanueva, entre outros.Nélida Piñon, nascida no Rio de Janeiro em 1937, foi criada em uma família de origem galega. Formou-se em Jornalismo na Faculdade de Filosofia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e ampliou seus estudos na Universidade de Colúmbia, Estados Unidos, país no qual atuou como professora universitária.Também exerceu a docência em universidades da França, Espanha e Peru e é habitual colaboradora de diversos meios de comunicação brasileiros.Sua primeira consagração literária aconteceu em 1961, com o romance "Guia-mapa de Gabriel Arcanjo". Depois escreveu obras destacadas como "Tempo das frutas" (1966), "Fundador" (1969), "A Casa da Paixão" (1972), "Sala de Armas" (1973), "Tebas do meu coração" (1974), "A força do destino" (1977), "A República dos sonhos" (1984), "O Presumível Coração da América" (2002) e "Vozes do Deserto" (2004), entre outros. Firme defensora dos direitos humanos, especialmente os da mulher, a New York Review of Books a considerou a melhor escritora brasileira e a revista World Literature Today dedicou a ela seu primeiro número de 2005.Desde 1989, Nélida Piñon integra a Academia Brasileira de Letras, que presidiu entre 1996 e 1997, sendo a primeira mulher a presidir uma academia literária nacional.Doutora honoris causa em universidades da França, Canadá e Espanha, Nélida Piñon já recebeu destacados prêmios literários como o Juan Rulfo, o Ibero-Americano de Narrativa Jorge Isaacs e o da Associação de Críticos de Arte do Brasil.O Príncipe das Asturias de Letras foi o quarto anunciado neste ano pela Fundação de mesmo nome, presidida por Felipe de Borbón, herdeiro da corona espanhola.O cientista político italiano Giovanni Sartori foi premiado com o Príncipe de Asturias de Ciências Sociais; a francesa Simone Veil obteve o de Cooperação Internacional e seis institutos culturais europeus receberam o de Comunicação e Humanidades.Os prêmios, entregues desde 1981, completam seu 25º aniversário neste ano. Estão dotados com 50.000 euros e uma cópia da escultura criada especialmente pelo artista espanhol Joan Miró.A entrega está prevista para o outono (hemisfério norte) no teatro Campoamor de Oviedo.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

REI DA FRONTEIRA
Juiz resolve manter Fahd Jamil preso no Garras e pede perícia médica
PANDEMIA SEM CONTROLE
Brasil registra mais 3.481 mortes por Covid em 24 horas e passa de 378 mil
Defron prende três e apreende mais de 60 quilos de maconha 
POLÍCIA
Defron prende três e apreende mais de 60 quilos de maconha 
EDUCAÇÃO
Inscrições abertas para a I Semana de Internacionalização UEMS
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Suspeito de matar irmão com tiro de espingarda se apresenta à polícia
CAMPO GRANDE
Homem é preso acusado de cultivar 'maconha gourmet' em contêiner
PANDEMIA
Fila continua e 12 pessoas aguardam leitos de UTI Covid em Dourados
ACIDENTE
Queda de jatinho no aeroporto da Pampulha mata piloto e fere dois
FRONTEIRA
Câmeras de segurança flagram atentado a casa de vereador; veja vídeo
CAMPO GRANDE
Polícia Civil apreende armas de fogo que seriam negociadas

Mais Lidas

ASSALTO
Mulher tem carro roubado ao parar no semáforo em Dourados
POLÍCIA
Irmãos morrem após serem atropelados por caminhonete em rodovia
LOTERIAS
Mega-Sena premia uma aposta com R$ 40 milhões e 11 douradenses acertam a Quadra
DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro