Menu
Busca domingo, 24 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

Brasil x Venezuela vale título e vaga na Copa

06 setembro 2003 - 09h22

A seleção brasileira masculina de vôlei terá a chance de devolver a derrota sofrida para a Venezuela nas semifinais dos Jogos Pan-Americanos. Neste sábado, enfrenta os campeões de Santo Domingo pela última e decisiva rodada do Sul-Americano, às 15h (horário de Mato Grosso do Sul) deste sábado, no ginásio Miécimo da Silva, zona oeste do Rio de Janeiro.Além do clima de revanche e do título continental, a partida vale a classificação para a Copa do Mundo, em novembro, no Japão, quando estarão em jogo três vagas para as Olimpíadas de Atenas, em 2004. Embora alguns jogadores estejam negando o clima de revanche pela derrota , este é o clima da partida. O oposto Ânderson não esconde a vontade de devolver a derrota sofrida em agosto.”Ninguém aceitou a derrota no Pan-Americano. A Venezuela está entalada na garganta e queremos dar o troco. Vai ser um jogo bem disputado. A Venezuela vem num ritmo muito bom”, diz o jogador. O capitão Nalbert, porém, descarta o clima de revanche. “Temos que encarar esse jogo com tranqüilidade e não entrar com espírito de revanche. Precisamos pensar em fazer o nosso jogo certo. É claro que a Venezuela melhorou muito, desencantou no Pan e vai vir com tudo”, diz o ponta.O técnico Bernardinho encara a partida como mais uma missão da equipe e não acredita em clima de revanche. Ele lembrou que teve apenas uma semana para acertar a equipe para o Sul-Americano. “Não podemos superdimensionar esse jogo. Temos que ter a postura devida. A equipe da Venezuela é excelente. Temos que ter muita atenção e tensão na medida certa. É preciso equilibrar essas duas coisas. Tivemos uma semana para acertar o time e tudo foi corrido. Esse tempo é pequeno para reestruturar a equipe depois da Liga Mundial e do Pan-Americano”, disse Bernardinho.O técnico venezuelano Miguel Cambero espera uma boa atuação de sua equipe. “O Brasil continua sendo a melhor equipe do mundo, mas estamos preparados para lutar por mais uma vitória. Espero que a Venezuela faça um bom jogo e comprove a evolução que teve nos últimos anos. Será uma boa oportunidade de mostrar mais uma vez esse crescimento”, finaliza Cambero.Além do campeão sul-americano e dos outros quatro campeões dos torneios continentais, os quatro melhores vice-campeões dos torneios classificatórios continentais (Europeu, Asiático, Africano, Norceca e Sul-Americano) - de acordo com o ranking da Fivb (Federação Internacional de Voleibol) - também garantirão seus lugares no Japão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Especial Caiu no Enem realiza correção das provas neste domingo
BRASIL
Especial Caiu no Enem realiza correção das provas neste domingo
Empresário é multado em R$ 10 mil por retomar obra embargada
MS
Empresário é multado em R$ 10 mil por retomar obra embargada
BRASIL
MPT alerta para risco de fragilização e precarização do instituto da aprendizagem profissional
Estados brasileiros começam a receber vacina de Oxford
COVID-19
Estados brasileiros começam a receber vacina de Oxford
Covid-19 mantém 258 sul-mato-grossenses em leitos de UTI
PANDEMIA
Covid-19 mantém 258 sul-mato-grossenses em leitos de UTI
PANDEMIA
Estado aguarda atualização de 4,7 mil possíveis casos de Covid-19 nos municípios
BRASIL
Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para obras inéditas
DOURADOS
Pré-matrículas na rede municipal vão de segunda a sexta-feira
PANDEMIA
Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca
CLIMA
Em alerta, Dourados pode ter janeiro mais chuvoso da história

Mais Lidas

CENTRO
Primeiro acidente de trânsito com vítima fatal neste ano é registrado em Dourados
TRAGÉDIA
Segundo acidente de trânsito com vítima fatal é registrado em Dourados
TRAGÉDIA
Vídeo mostra momento exato de acidente com vítima fatal em Dourados
DOURADOS
Motociclista que morreu após colisão em cruzamento invadiu via preferencial