Menu
Busca quinta, 06 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Brasil vence a lanterna Bolívia e reassume liderança das eliminatórias

05 setembro 2004 - 18h12

O Brasil reassumiu a liderança das eliminatórias sul-americanas para a Copa-2006 ao bater neste domingo a Bolívia por 3 a 1, no Morumbi, no duelo que marcou a estréia do atacante Ronaldo, com a camisa da seleção, em São Paulo.Isso depois de mais de dez anos servindo o time nacional. Com gols de Ronaldo --dedicado a namorada, a modelo Daniela Cicarelli--, de Ronaldinho (pênalti) e de Adriano (cabeça), a seleção chegou aos 16 pontos e ultrapassou a Argentina, que tem 15. Os argentinos chegaram a liderar após ganharem do Peru (3 a 1), em Lima, ontem.Ainda neste domingo, o Uruguai bateu o Equador por 1 a 0, em Montevidéu, e voltou a vencer pela competição continental após três derrotas. A rodada está sendo encerrada agora à noite nos jogos entre Paraguai x Venezuela e Chile x Colômbia. Um verdadeiro clima de festa foi armado para o time nacional antes do jogo, com direito a preliminar entre as modelos da agência Mega e Playboy e execução do hino nacional ao som de um piano de cauda. Tudo para celebrar o reencontro da seleção com a cidade de São Paulo depois de mais de três anos e pela primeira vez em 30 anos com a condição de detentora do título mundial. Os torcedores da capital só não tiveram o privilégio de ver a seleção com sua força máxima.O time entrou em campo desfigurado pelo veto da CBF aos jogadores do Milan (Dida, Cafu e Kaká) e do Bayern de Munique (Lúcio e Zé Roberto) que não atenderam o pedido da entidade para atuarem no amistoso no Haiti. Mesmo sem os cinco titulares, o Brasil não teve dificuldades para chegar à meta da frágil equipe boliviana, que ainda não venceu nestas eliminatórias quando atuou como visitante. A Bolívia é a última colocada --tem apenas seis pontos. Com Ronaldo apaixonado, inspirado e bem colocado dentro da área, o Brasil abriu o placar com menos de um minuto de jogo, quebrando dessa forma o esquema "retranqueiro" armado pelo técnico boliviano Ramiro Blacut. O meia Juninho Pernambucano, que era dúvida para o jogo depois de torcer o tornozelo direito ontem, cobrou escanteio da direita que o volante Edu cabeceou, a bola sobrou para Ronaldo que chutou cruzado: 1 a 0, com apenas 50 segundos. Foi o sétimo gol dele, que é artilheiro das eliminatórias. O segundo gol brasileiro saiu aos 12min. O lateral Roberto Carlos bateu falta pela direita, a bola bateu na barreira e sobrou para o zagueiro Roque Júnior, que foi derrubado pelo meia boliviano Cristaldo dentro da área. O juiz argentino Héctor Baldassi marcou pênalti, que o meia-atacante Ronaldinho converteu, um minuto depois: 2 a 0. Restando um minuto para o fim do primeiro tempo, a seleção levou a exigente torcida paulista (56.099 pessoas) ao delírio. Ronaldinho cruzou da esquerda e o atacante Adriano usou a cabeça para marcar: 3 a 0. No segundo tempo, o técnico da seleção, Carlos Alberto Parreira, decidiu poupar Juninho Pernambucano e Ronaldinho, trocando os dois, respectivamente, pelo volante Renato e pelo meia Alex. Também sacou Edu para a entrada de Robinho. "Vamos aproveitar para treinar e fazer um placar bem gostoso", dizia o treinador no intervalo. Mas quem "marcou" na etapa final foi a Bolívia. Aos 4min, Cristaldo bateu da entrada da área, Edmílson desviou a bola de cabeça e enganou o goleiro Júlio César. A seleção brasileira voltará a campo pelas eliminatórias em outubro, quando terá duas partidas em seqüência, contra a Venezuela, em Maracaibo, e Colômbia, em Maceió. BRASIL Júlio César; Belletti, Edmílson, Roque Júnior e Roberto Carlos; Juninho Pernambucano (Renato), Gilberto Silva e Edu (Robinho); Ronaldinho (Alex); Ronaldo e Adriano Técnico: Carlos Alberto Parreira BOLÍVIA Fernández; Alvarez, Raldes, Peña e Sánchez; Cristaldo, Ribeiro (Dufiño), Colque (Arana), Pizarro e Gutiérrez (Coimbra); Botero Técnico: Ramiro Blacut Gols: Ronaldo, a 1min, Ronaldinho, aos 13min, Adriano, aos 44min do primeiro tempo; Cristaldo, aos 4min do segundo tempo Cartões Amarelos:Belletti (BRA); Pizarro e Alvarez (BOL) Juiz: Héctor Baldassi (ARG) Local:Estádio do Morumbi, em São Paulo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com caminhonete e pistola na MS-164 logo após assalto
POLÍTICA
Senado Federal aprova penas mais duras contra crimes cibernéticos
APARECIDA DO TABOADO
Homem é esfaqueado ao tentar impedir mulher de sair para comprar drogas
IMUNIZANTE
Mais 628 mil vacinas da Pfizer chegam ao Brasil nesta quarta-feira
RIBAS DO RIO PARDO
Detetive particular já condenado é preso por dirigir embriagado após acidente
JUDICIÁRIO
Justiça Federal absolve ex-presidente Temer de envolvimento em 'quadrilhão'
COXIM
Homem agride filho e nora de vereador, quebra viatura e danifica loja
SELEÇÃO
Ibama é autorizado a contratar 1,6 mil funcionários temporários
NAVIRAÍ
Ambiental apreende armadilha de caça de animais silvestres de grande porte 
BRASIL
Bolsonaro veta prorrogação para entrega de declaração do Imposto de Renda

Mais Lidas

INVESTIGAÇÃO
Homem é preso suspeito de estuprar quatro sobrinhas em Dourados
DOURADOS
Fumaça em estrada causa colisão entre caminhões e leva transtorno a moradores; vídeo
PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira