Menu
Busca sexta, 10 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Brasil termina 2012 com recorde no turismo interno

31 dezembro 2012 - 13h48

O Brasil terminará 2012 com um recorde para o turismo interno, que contabilizará 60 milhões de pessoas em 197 milhões de viagens, segundo anunciou nesta quinta-feira em Brasília o ministro Gastão Vieira.

As projeções do Departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo apontam que o número de viagens internas de caráter turístico passará das 190,8 milhões registradas em 2011 para 197 milhões neste ano.

O número de viajantes brasileiros aumentará também de 58,9 milhões do ano passado, quando o país estabeleceu um recorde, para os 60 milhões esperados até o final de dezembro.

"Se consideramos que em 2013, com a Jornada Mundial da Juventude e a Copa das Confederações, iniciaremos uma maratona de grandes eventos internacionais, as expectativas para o turismo são extremamente animadoras", declarou Vieira em um ato em Brasília.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Pesquisa mostra população entre 10 e 40 anos vulnerável ao sarampo
DOURADOS
Celebrações de Páscoa serão restritas a padres e diáconos transmitidas na web
CLIMA
Dourados deve ter feriado sem chuva e com temperatura máxima de 30ºC
Saúde e Bem-estar
A importância de manter seu plano de saúde neste momento
Educação
Ensinar a socializar no período de isolamento social , é possível?
NEGÓCIOS & CIA
Certificado Digital Agiliza: a abertura e gestão de empresas
COMER BEM
Cacau Show: saiba quais são os pontos de vendas e evite filas
ARQUITETURA & DESIGN
Qual o melhor tipo de piscina?
POLÍCIA
Mulher foi atacada com facão pelo filho sem motivo após ele beber
AGLOMERAÇÃO
Bolsonaro abraça pessoas e posa para fotos em padaria de Brasília

Mais Lidas

COVID-19
Dourados confirma mais um caso de coronavírus e Estado chega a 89
COVID-19
Dos casos de coronavírus em Dourados, três estão curados e um internado
DOURADOS
Mulher morta em acidente cursava pedagogia e terá corpo levado a Naviraí
DOURADOS
Dupla é presa acusada de tentativa de homicídio e fazer criança como escudo