Menu
Busca domingo, 07 de março de 2021
(67) 99257-3397

Brasil já tem mais de 20 milhões de computadores

25 março 2004 - 16h46

Embora a atividade econômica tenha recuado de 0,2% do PIB, a venda de computadores cresceu 5%, fechando o ano com uma base instalada de 20 milhões de unidades, segundo resultado da 15ª Pesquisa Anual do Centro de Informática Aplicada (CIA), divulgada pela Fundação Getúlio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV-Eaesp). De acordo com os cálculos do professor Fernando Meirelles, coordenador da pesquisa, este ano poderão ser comercializadas outras 5 milhões de unidades se as previsões de crescimento da economia se confirmar em 3,5%. "Até maio, teremos uma base de 22 milhões de máquinas", prevê Meirelles.Mesmo assim, ele chama a atenção para a estabilização desse mercado, que já cresceu a taxas de dois dígitos no passado. A média de crescimento dos últimos 15 anos, por exemplo, foi de 19% anuais e, dos últimos oito anos, de 21% anuais. "Já há uma maturidade neste campo", diz.Segundo a pesquisa, nas médias e grandes empresas, foco do estudo da fundação, os gastos e investimentos em informática em relação ao faturamento líquido das companhias deve crescer em 2004. No ano passado, a proporção foi de 4,9% em relação ao faturamento. Metade dos investimentos seguiu para softwares e equipamentos e a outra metade para recursos humanos ligados à tecnologia. Meirelles explica que essa proporção está em crescimento. "Pode chegar a 6% em 2004, independentemente da economia. Mas se houver expansão da atividade econômica, esse percentual pode passar dos 10%", diz.A pesquisa apontou que o Brasil supera a média mundial em utilização de computadores, que é de 10,8%, com 11,4%. Mas ainda está ainda longe de países desenvolvidos, como os Estados Unidos, onde chega a 68%. O estudo mostra ainda que o número de microcomputadores nas empresas cresce mais do que o de usuários: entre 1988 e 2003 o total de máquinas no ambiente corporativo subiu 26% e o de usuários, 18%.Para realizar a pesquisa, a FGV/Eaesp enviou um questionário a 4 mil empresas de médio e grande porte. Utilizou, entretanto, os dados de 1502 delas, considerados mais confiáveis. Um resumo da pesquisa pode ser visto no site www.fgvsp.br/cia/pesquisa  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Douradense é assaltado ao sair de casa para pedalada
CENTRO
Douradense é assaltado ao sair de casa para pedalada
A caminho da capital, traficante desembarca em Dourados por engano e é preso
TRÁFICO
A caminho da capital, traficante desembarca em Dourados por engano e é preso
Mega-Sena acumula e próximo prêmio pode chegar a R$ 27 milhões
LOTERIA
Mega-Sena acumula e próximo prêmio pode chegar a R$ 27 milhões
Covid-19: Saúde prevê 30 milhões de doses ainda este mês
BRASIL
Covid-19: Saúde prevê 30 milhões de doses ainda este mês
MS deve ter domingo de tempo claro na maior parte das regiões
CLIMA
MS deve ter domingo de tempo claro na maior parte das regiões
SAÚDE
Saúde lança guia alimentar de bolso para menores de 2 anos
BRASIL
Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões
INTERNACIONAL
Assunção registra violência após resposta à pandemia gerar protestos
DOURADOS
DAC vence o Novo por 3X0, em Campo Grande
AQUIDAUANA
Fazendeiro é autuado por exploração ilegal de madeira

Mais Lidas

EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
PONTA PORÃ
Homem é assassinado na região de fronteira e autores deixam recado ao lado do corpo
SIDROLÂNDIA
Empresário morre em acidente que deixou outros três feridos
FRONTEIRA
Corpo de bebê é encontrado em matagal e enrolado em cobertor