Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Brasil estréia na Copa contra peso do favoritismo

13 junho 2006 - 06h27

Jogadores, treinadores, torcedores, adversários, matemáticos, pais-de-santo, apostadores e até computadores: todos apontam o Brasil como grande favorito ao título da Copa do Mundo. É lutando para que essa condição não seja prejudicial que os comandados de Carlos Alberto Parreira fazem sua estréia na competição nesta terça-feira, às 15 horas, no estádio Olímpico de Berlim, contra a Croácia.Historicamente, a equipe verde e amarela acumula insucessos quando disputa o Mundial como grande favorita. "Todas as vezes que o Brasil foi a uma Copa como favorito, perdeu. Portanto, é melhor que os jogadores não se sintam muito seguros", alertou o ex-jogador Pelé. Sempre questionado sobre o assunto, Parreira se mostrou tranqüilo. "São paradigmas que têm de ser quebrados. Esse negócio que o Brasil só ganha quando sai escorraçado, na desconfiança, sem ninguém acreditar, deu certo em algumas ocasiões, mas precisamos quebrar esse modelo e ganhar quando as coisas também estão correndo bem." A condição de principal concorrente na Alemanha não é gratuita. Atual campeã mundial, a Seleção conquistou a Copa América de 2004 com o time reserva, levou o título da Copa das Confederações de 2005 com direito a goleada sobre a Argentina e terminou na primeira colocação nas Eliminatórias Sul-Americanas. Todos os jogadores admitiram o favoritismo e pediram atenção para não repetir os desempenhos de França e Argentina, que acabaram eliminados na primeira fase no Mundial da Ásia, em 2002. "Em uma Copa do Mundo, as coisas acontecem muito rápido. Vimos o que aconteceu com a França na última edição", disse o meia Juninho Pernambucano. Esse não é, no entanto, o único problema do Brasil, uma vez que vários jogadores importantes sofreram contusões ao longo da temporada, como Cafu, Roberto Carlos e Ronaldo. O último chegou a ter problemas durante o período de preparação para o Mundial, sofrendo com bolhas, febre e perguntas sobre seu peso. Para o preparador Moraci Sant"Anna, o grupo deve estrear com um índice entre 70 e 80% de sua condição física. Ele disse ser difícil que algum atleta atinja 100% no decorrer da competição, mas a expectativa é que se aproximem disso. "Quando recebemos o grupo, uns estavam acima da média e outros abaixo. A tendência é que, daqui para a frente, esse índice fique dentro do desejado." Do lado da Croácia, a situação é oposta à do Brasil, especialmente no que diz respeito ao favoritismo. O técnico Zlatko Kranjcar vê com naturalidade uma derrota na estréia. "Vamos tentar vencer, mas não será nenhuma tragédia se perdermos para um time que todos estão enxergando como, talvez, o melhor time brasileiro de todos os tempos", afirmou. A preocupação do treinador é brigar pela segunda colocação do Grupo F. Por conta disso, ele espera apenas que os pentacampeões não comecem a campanha na Alemanha com goleada. "O mais importante é que não sejamos destruídos. Isso seria péssimo para o psicológico dos jogadores no decorrer da competição", concluiu Krajcar.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em cinco meses, Dourados aplicou 125 mil doses de vacinas contra a Covid-19
IMUNIZAÇÃO
Em cinco meses, Dourados aplicou 125 mil doses de vacinas contra a Covid-19
União Pneus tem prazo de entrega mais rápido da região em recauchutagens e consertos
INFORME PUBLICITÁRIO
União Pneus tem prazo de entrega mais rápido da região em recauchutagens e consertos
Churrascaria é atingida por incêndio na região central da Capital
CAMPO GRANDE
Churrascaria é atingida por incêndio na região central da Capital
Após mais de 2 meses internada por acidente, jovem morre no HV
DOURADOS
Após mais de 2 meses internada por acidente, jovem morre no HV
Moradora de Goiás é presa carregando drogas em ônibus na região de Dourados
TRÁFICO DE DROGAS
Moradora de Goiás é presa carregando drogas em ônibus na região de Dourados
DELIBERATIVA
Câmara federal realiza hoje sessão para votar Medida Provisória da Eletrobras
EDUCAÇÃO
1º Encontro de Pesquisadoras e Pesquisadores da Temática LGBT+ de MS
INFORME PUBLICITÁRIO
Senar Mato Grosso do Sul tem plataforma EaD gratuita voltada ao campo
IMUNIZAÇÃO
Confira quem pode se vacinar e quais locais estão aplicando a vacina
CULTURA
Inscrições para o Festival de Música Rádio MEC 2021 terminam hoje

Mais Lidas

ASSASSINATO
Investigações apontam que mulher foi atraída para o local do crime por proposta de trabalho
VIVAL DOS IPÊS
Com suspeita de latrocínio, mulher é encontrada morta em Dourados
LAGUNA CARAPÃ
Veículo de mulher morta em Dourados é encontrado
REGIÃO
Preso, motorista de Corolla que matou moto entregador nega "racha"