Menu
Busca terça, 02 de março de 2021
(67) 99257-3397

Brasil e Chile hoje pelas eliminatórias da Copa do Mundo

06 junho 2004 - 08h54

Há quatro anos, a seleção brasileira vivia a mesma situação que tem neste domingo, quando enfrenta, às 21h30,(MS) novamente os chilenos.E o que parecia a chegada ao paraíso se transformou na entrada para o inferno depois da derrota por 3 a 0 que iniciou uma crise que sacrificou dois técnicos e fez o país penar para ganhar vaga na Copa do Mundo de 2002.No time atual, ninguém pensa que a história se repetirá. Depois da vitória de 3 a 1 sobre a Argentina, mesmo placar do clássico que antecedeu o jogo contra o Chile em 2000, Carlos Alberto Parreira tentou cortar a euforia gerada pelo triunfo e pela liderança."Foi ótimo ter vindo para cá cedo, para sair daquele clima de euforia. Aqui estamos sossegados", disse o treinador, que deixou Belo Horizonte rumo a Santiago na quinta-feira, menos de 24 horas depois do jogo contra os argentinos. Jogo que, segundo Parreira, já "pertence ao passado". O treinador quer uma nova vitória para manter a boa fase. "Agora engrenamos e não podemos perder esse embalo."Contra os mesmos adversários que confrontou até agora, a seleção tinha 11 pontos depois de seis rodadas nas eliminatórias passada. Agora tem 12. Como há quatro anos, enfrentará o Chile numa noite fria de Santiago, a mais gelada capital sul-americana.A derrota de 2000 foi a de placar mais dilatado das sete partidas que o Brasil já perdeu por eliminatórias para Mundiais. Parreira não terá neste domingo três de seus titulares --o zagueiro Lúcio e o meia-atacante Ronaldinho estão machucados, e o meia Zé Roberto cumpre suspensão. Depois do jogo de hoje o qualificatório pára. A competição só terá jogos em setembro, quando o time nacional recebe, em São Paulo, a Bolívia. Em 2004, ainda enfrenta Venezuela, Colômbia e Equador. As eliminatórias sul-americanas só acabam no final de 2005.CHILETapia; Rojas, Álvarez (Fuentes), Olarra e Pérez; Maldonado, Meléndez, González e Pizarro; Navia e Galaz.Técnico: Juvenal Olmos BRASILDida; Cafu, Juan, Roque Júnior e Roberto Carlos; Edmílson, Juninho Pernambucano, Edu e Kaká; Luis Fabiano e Ronaldo.Técnico: Carlos Alberto Parreira Local: estádio Nacional, Santiago (CHI) Horário: 21h30 (horário MS) Juiz: Horacio Elizondo (ARG) 

Deixe seu Comentário

Leia Também

História "mal contada" de casal leva à prisão e apreensão de Jeep furtado
CORUMBÁ
História "mal contada" de casal leva à prisão e apreensão de Jeep furtado
Ladrão furta oficina e vai preso vendendo peças em ferro-velho
Ladrão furta oficina e vai preso vendendo peças em ferro-velho
JUSTIÇA
Decisão de desembargadores livra deputado do uso de tornozeleira eletrônica
MEDIDA
Nova Andradina poderá ter estado de calamidade prorrogado até 30 de junho
Termos de adesão e cooperação para seletiva estadual dos Jogos Escolares são assinados
MS
Termos de adesão e cooperação para seletiva estadual dos Jogos Escolares são assinados
DOURADOS 
Homem é preso em flagrante por furto no Jardim Rasslem
REGIÃO
Ação conjunta combate exploração de madeira de área protegida em MS
PANDEMIA
Reinaldo volta a cobrar União por agilidade na liberação de vacinas
BRASIL
Dólar fecha em forte alta, após Bolsonaro zerar impostos federais sobre diesel e gás de cozinha
PANDEMIA
Remessa com 27,8 mil doses de vacina contra o coronavírus chega amanhã a MS

Mais Lidas

ACIDENTE
Veículo pega fogo ao colidir em coqueiro entre Dourados e Itaporã
PRÓXIMO AO TRANSBORDO
Nova 'cracolândia': comerciantes relatam medo e ameaças no centro de Dourados
DOURADOS
Jovem colide moto e embriagado tenta fugir do hospital, mas é detido
DOURADOS 
Preso após agredir esposa, homem é investigado por engravidar a própria filha adolescente