Menu
Busca sexta, 26 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

Brasil e Bolívia terão Pólo Gás Quimico na fronteira de MS

07 abril 2004 - 17h33

Em reunião realizada nesta quarta-feira no gabinete da Ministra das Minas e Energia, Dilma Roussef, em Brasília,  representantes dos governos da Bolívia e do Brasil decidiram implantar um pólo gás químico na fronteira entre os dois países, entre as cidade de Corumbá (MS) e Puerto Suarez. A primeira indústria do pólo será a usina separadora de gás, que vai extrair o etano, o butano e propano do gás natural transportado pelo Gasoduto Bolívia / Brasil e disponibilizá-los para a produção de gás de cozinha (GLP), eteno (de onde se produz o polietileno utilizado na fabricação de materiais plásticos) , uréia e fertilizantes. A informação foi repassada ao senador Delcídio do Amaral (PT/MS) pela ministra Dilma Roussef, que confirmou também a manutenção do preço de US$ 1,40 por milhão/BTUs para o gás natural que vai abastecer a usina termelétrica de Corumbá.- As autoridades bolivianas garantiram o preço fixado no contrato assinado dia 11 de março entre a Petrobrás Bolívia e a MS Gás para abastecer a TermoPantanal, com a condição de que fosse mantido o acordo firmado no ano de 2.000 entre o Brasil e a Bolívia, que prevê a construção de duas  térmicas, uma no lado brasileiro e a outra  no boliviano. Esse compromisso foi reafirmado pelo diretor da área internacional da Petrobrás, Nestor Cerveró, com a informação de que o empresário Eike Batista, que já deu inicío as obras da usina em Corumbá , está agora conversando com investidores internacionais  para construir uma outra térmica em Puerto Suarez, com capacidade de geração de energia para atender aos projetos de desenvolvimento também do outro lado da fronteira. Os bolivianos ficaram muito satisfeitos com a disposição do governo brasileiro - revelou Delcídio. O acordo que prevê investimentos nos dois países começou a ser desenhado a partir de uma visita que Delcídio do Amaral , na época diretor de gás da Petrobrás,  a Santa Cruz de La Sierra em 2.000.Participaram da reunião em Brasília a ministra Dilma Roussef , o ministro das relações exteriores do Brasil,  Celso Amorim, o diretor da área internacional da Petrobrás, Nestor Cerveró,  e os ministros  bolivianos Juan Ignácio Siles (Relações Exteriores) e Antonio Araníbar (Minas e Combustíveis). Delcídio comemorou os resultados da reunião em Brasília.- Foi uma vitória para os dois países que, juntos, vão agregar valor ao gás natural e promover projetos comuns de desenvolvimento para uma longa faixa de fronteira que vai de Mato Grosso do Sul a Rondônia. O ganho para o nosso estado é inestimável. Vamos ter energia farta e de boa qualidade com a TermoPantanal e , a partir dela, a separadora de gás, que vai nos permitir engarrafar gás de cozinha para abastecer toda a região Centro-Oeste, e o pólo gás químico, com suas indústrias de derivados de plástico, uréia e fertilizantes, importantíssimas para atender à crescente expansão da fronteira agrícola. Isso sem falar na siderúrgica que o Grupo MPX, do empresário Eike Batista,tem interesse de implantar em Corumbá, para beneficiar o minério de ferro extraído na região. Tudo isso vai trazer desenvolvimento e geração de empregos e significa uma nova era não só para Corumbá e Ladário mas para todo Mato Grosso do Sul - afirmou o senador.Delcídio revelou ainda que nos próximos dias os governos brasileiro e boliviano vão emitir um comunicado conjunto para ratificar os compromissos firmados na reunião desta quarta-feira em Brasília.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Foragido, pai que estuprou a própria filha em São Paulo é preso em MS
AJUDA
Bolsonaro fala em pagar 4 parcelas de R$ 250 de auxílio emergencial
BATAGUASSU
Usando nome falso há 12 anos, homem foge da policia e até registra filha
FUTEBOL
Fundesporte e Federação assinam repasse de R$ 820,9 mil para o Estadual 2021
Golpistas pedem dados de idosa para simular empréstimo e 'limpam' a conta dela
VACINA
Ministério assina acordo para comprar 20 milhões de doses da Covaxin
CAMPO GRANDE
Idoso fica em porta-malas por mais de meia hora durante roubo de carro
ECONOMIA
Nova linha de crédito imobiliário da Caixa tem juros atrelados à poupança
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro é multado em R$ 19 mil por desmatamento de bioma protegido
PROTESTO
Servidores públicos realizam ação contra a PEC Emergencial em Dourados

Mais Lidas

POLÍCIA
Identificada vítima fatal de acidente entre carretas
DOURADOS 
Operação desarticula quadrilha especializada em furtos de máquinas agrícolas
PARAGUAI
Quadrilha é presa com 1,4 tonelada de cocaína e até avião na fazenda de Pavão
PERIMETRAL NORTE
Carro é destruído pelo fogo após acidente em Dourados; veja o vídeo