sábado, 15 de junho de 2024
Dourados
29ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Brasil e agência nuclear da ONU aproximam-se de acordo

20 outubro 2004 - 15h03

A visita de especialistas nucleares da Organização das Nações Unidas (ONU) a uma planta de enriquecimento de urânio em Resende nesta semana pode resultar em um acordo para resolver a disputa sobre inspeções, segundo uma fonte brasileira. "O clima das conversas é excelente e parece que estamos nos encaminhando para um consenso", disse à Reuters nesta quarta-feira a fonte. O Brasil e a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) discordam há quase um ano sobre o nível de acesso necessário para realizar as inspeções. Na manhã desta quarta, os especialistas da agência encontraram-se com autoridades brasileiras e terão ainda uma discussão técnica para falar sobre a visita do dia anterior a Resende, no Rio de Janeiro, antes de deixarem o país, informou um porta-voz do Ministério da Ciência e Tecnologia. Os especialistas tinham que checar se a proposta brasileira de permitir inspeções em tubulações, válvulas e conexões das centrífugas em Resende é viável. O país ofereceu acesso visual restrito às centrífugas, o que, segundo o governo, permitiria a verificação para assegurar que o urânio não é desviado para uso em armas. Representantes da AIEA não comentaram o assunto. De acordo com o ministro da Defesa, José Viegas, "o Brasil não tem nada a esconder em termos da utilização de material nuclear e nunca se negou a abrir as instalações de Resende ou qualquer outra à inspeção". A ONU e os EUA pressionam o Brasil para resolver a questão a fim de não criar um precedente para países como Irã e Coréia do Norte, os quais os norte-americanos suspeitam de desenvolver armas. Segundo o porta-voz do ministério, o lado brasileiro tinha "expectativas muito positivas". A fábrica de Resende pode apenas começar a enriquecer urânio uma vez que tenha o aval da ONU. O Brasil afirma que a tecnologia desenvolvida no país é 30% mais eficiente do que a maioria das plantas de enriquecimento dos EUA. O enriquecimento é um processo de purificação de urânio para uso como combustível em usinas nucleares ou em armas.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Promoção Investe, Poupa e Ganha do Sicredi sorteará R$ 15 mil por cooperativa no segundo sorteio
COOPERATIVISMO

Promoção Investe, Poupa e Ganha do Sicredi sorteará R$ 15 mil por cooperativa no segundo sorteio

'Despertando Conexões': projeto leva robótica a internos da Penitenciária Estadual de Dourados
RESSOCIALIZAÇÃO

'Despertando Conexões': projeto leva robótica a internos da Penitenciária Estadual de Dourados

PM vai às ruas em operação contra furtos e roubos
GATUNO

PM vai às ruas em operação contra furtos e roubos

Presidente faz balanço da Cúpula do G7 e de fórum da OIT
INTERNACIONAL

Presidente faz balanço da Cúpula do G7 e de fórum da OIT

Cassems inicia as reuniões de apresentação do projeto "Saúde Todo Dia" 
ATENÇÃO PRIMÁRIA

Cassems inicia as reuniões de apresentação do projeto "Saúde Todo Dia" 

EUROCOPA

Suíça vence Hungria e divide a liderança do grupo com a Alemanha 

BRASIL

Violência contra idosos: mulheres são maioria das vítimas

EDITAL

Edital de Convocação - Avigrand

FATAL

Acidente entre moto e caminhão termina com uma pessoa morta em rodovia federal

DOURADOS

Vereadores visitam famílias em situação de vulnerabilidade em ocupações em áreas de risco 

Mais Lidas

NEGÓCIOS E CIA

Veja quem recebe o PIS/Pasep na próxima semana

LUTO

Policial civil sofre infarto no trabalho e morre em hospital de Dourados

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

MS-164

Mais de R$ 100 mil em defensivos agrícolas contrabandeados são apreendidos na fronteira