Menu
Busca sábado, 31 de julho de 2021
(67) 99257-3397

Brasil de Hoyama estréia neste domingo no PAN

22 julho 2007 - 07h22

Ao lado de Thiago Monteiro e Gustavo Tsuboi, o mesa-tenista Hugo Hoyama inicia neste domingo sua participação, por equipes, dos Jogos Pan-Americanos 2007, no pavilhão 4B do Rio Centro. O Brasil terá pela frente a Venezuela, às 10hs, e o México, às 15hs, em jogos válidos pelo Grupo 1.
Nesta fase, são quatro grupos de três equipes, onde duas passam para a final, que será disputada em forma de mata-mata, sendo quartas, semi e final: “Estamos bastante confiantes para lutar pelo título, nosso grupo é bom, serão jogos difíceis, como todos, pois aqui não existe equipe fraca, mas jogando firme, impondo nosso jogo, não lhes dando oportunidades, as chances de vitórias são grandes.
Conhecemos bem nossos adversários, sempre os enfrentamos em outros torneios, nunca fomos derrotados, mas isso não quer dizer que venceremos fácil aqui. Será importante começar bem, para adquirir confiança, e a ajuda da torcida será fundamental para isso. O local de jogo é excelente, ficará mais fácil assim de apresentarmos um bom jogo, sem termos que nos preocupar em questões extra jogo.

Hoyama busca a sua nona medalha de ouro na competição para se tornar o atleta brasileiro com o maior número de títulos. No momento, está empatado com o nadador Gustavo Borges: “Como o Gustavo não irá disputar, terei a chance de me tornar o maior medalhista de ouro e deixar o meu nome na história dos Jogos Pan-Americanos. Sem dúvidas o recorde é uma motivação maior, mas o mais importante é lutar para ajudar o Brasil a conquistar um bom resultado” - disse Hoyama, que credita o favoritismo ao Brasil, Argentina e Estados Unidos.

Aos 37 anos de idade, sendo 30 deles dedicados ao tênis de mesa e 20 na Seleção Brasileira, Hoyama ainda pensa em disputar as Olimpíadas de 2008, em Pequim, na China. “Enquanto sentir que posso ajudar o Brasil, continuarei jogando, com certeza”, disse o mesa-tenista que ainda sonha com a medalha olímpica, já que suas principais conquistas foram os títulos dos Jogos Pan-Americanos. “As medalhas do Pan foram as mais significativas, mas todas as outras conquistas foram importantes para a minha carreira, pois vieram com muito treino, suor e determinação”.

Hoyama iniciou sua vitoriosa carreira em São Bernardo do Campo. “Toda a minha carreira foi feita em São Bernardo. Comecei aos 7 anos, no Estádio 1° de Maio, na Vila Euclides, treinando com o Maurício Kobayashi, que continua sendo meu treinador. Espero encerrar minha carreira na cidade e depois disso continuar ajudando de alguma maneira, principalmente passar minha experiência aos jovens e incentivá-los ao esporte”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PM prende homem com carro adulterado e espingarda calibre 12
MS
PM prende homem com carro adulterado e espingarda calibre 12
BRASIL
PF prende falsificador de cédulas foragido há 5 anos
Prefeitura informa novo recorde de vacinação com 7,6 mil doses em 24 horas
COVID-19
Prefeitura informa novo recorde de vacinação com 7,6 mil doses em 24 horas
PANDEMIA
Covid-19: Espanha libera entrada de voos do Brasil
STF
Ministro Alexandre de Moraes mantém prisão de denunciado por golpes milionários na internet
COVID-19
Anvisa recebe pedido para testes de vacina desenvolvida pela UFMG
JUSTIÇA DO TRABALHO
Carreteiro não será indenizado por dano existencial por jornada exaustiva
FALTOU CHUVA
Julho de 2021 chega ao fim entre os mais secos da história de Dourados
Museu da Língua Portuguesa é reaberto com presença de autoridades
STF
Ministro determina retomada de inquérito que apura suposta interferência de Bolsonaro na PF

Mais Lidas

ACIDENTE DOMÉSTICO
Após discussão com entregador jovem acaba ferido
PARAGUAI
Militares executados na fronteira eram sargentos da FTC
PONTA PORÃ
Bilhete ao lado de corpo esquartejado indica próximos "alvos" de criminosos
CLIMA
Dourados bate recorde de frio no ano com geada forte