Menu
Busca segunda, 02 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Brasil dá show no prólogo de mundial de rali na Argentina

01 novembro 2004 - 17h14

O Brasil começou dando show no Por Las Pampas Rally, última etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross Country que começou nesta segunda-feira em Córdoba, na Argentina. O piloto José Hélio venceu o prólogo da competição disputado na cidade turística de La Cumbre em um circuito bastante sinuoso, em trecho de serra, e com o piso liso forrado de cascalho fino. Ao todo foram 3.170 metros e Hélio completou o percurso em 3min17s.Outros três brasileiros, dos seis que estão correndo, ficaram entre os dez primeiros: Ramon Volkart (6o, com 3min32s), Dimas Mattos (9o, com 3min38s), e Marcos Moraes terminou em décimo com 3min39s. Carlos Ambrósio acabou em 13o (3min47s) e Sylvio Barros cruzou a linha de chegada empurrando a moto, terminando na 30a posição. O sul-africano Alfie Cox ficou em quarto e o chileno Carlo de Gavardo foi o 17o. Ambos estão na lista dos melhores pilotos de rali da atualidade. Nos carros, Khalifa Al Mutaiwei e Alain Ghehennec, dos Emirados Árabes, confirmaram o favoritismo e venceram o prólogo de BMW X5, o mesmo com que foram campeões do mundo por antecipação em 2004.Antes da divulgação dos resultados oficiais, José Hélio não acreditava em um bom resultado. “Saímos pela manhã de Córdoba e lá a altitude era em torno de 490 metros, mas em La Cumbre é mais que o dobro, com 1180. A mudança brusca de altitude interfere na regulagem do carburador. Fiz o prólogo com a moto ‘engasgando’ e por isso não imaginei conseguir um tempo bom”, disse ele na chegada ao acampamento da competição. Ele corre pela equipe ASW Rally Team.Mas nem todos os brasileiros tiveram tanta sorte no prólogo. Marcos Moraes, da equipe Dunas Race/Bike Box, caiu antes de completar um quilômetro de prova. “Quando entrei numa curva, ela parecia ser mais aberta. A frente da moto escorregou e fui para o chão”, contou Moraes com pequena escoreação no cotovelo direito. Mesmo com a queda, o piloto se levantou e continuou até a bandeirada, garantindo o décimo lugar. Outro que não teve sorte no prólogo foi Sylvio Barros. Faltando apenas 200 metros para o final quebrou a corrente da moto e ele não teve outra opção a não ser empurrá-la até a chegada.Grande desafio - Na terça-feira será disputada a grande etapa do Por Las Pampas. Os pilotos sairão de La Cumbre e farão um deslocamento de apenas 11 quilômetros até Villa Giardino. Depois largarão para uma etapa cronometrada de 490,33 quilômetros. Uma das grandes preocupações dos pilotos brasileiros é com o clima da região de La Cumbre

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Governo apresenta proposta de novo programa social; valor de R$ 400
CAPITAL
Jardineiro preso em aeroporto com maconha que iria para o Maranhão
POTÁVEL
Bolsonaro lança programa que levará água a escolas do Nordeste
Cinco são presos com produtos químicos que seriam levados para Bolívia
Cinco são presos com produtos químicos que seriam levados para Bolívia
UEMS
Últimos dias de inscrição para Especialização em Direito Difusos e Coletivos
PARANAÍBA
Dono de ferro velho é preso por receptação com 80 metros de trilhos
POLÍTICA
Câmara de Dourados aprova 22 projetos de lei em sessão ordinária 
BONITO
Polícia prende traficante e batedor com 380 quilos de maconha e skunk
TJ/MS
Provas do concurso para cartórios extrajudiciais serão realizadas no dia 22
Criança com crises convulsivas no Pantanal é socorrida por avião

Mais Lidas

SP
Homem leva menina de 15 anos ao hospital e diz que ela morreu após sexo; polícia investiga
POLÍCIA
Jovem é agredida durante assalto em Dourados
PANDEMIA
Homem e mulher são mais recentes vítimas da Covid-19 em Dourados
PANDEMIA
Jovem de 21 anos e sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS