Menu
Busca sexta, 30 de julho de 2021
(67) 99257-3397

Brasil abriga um terço dos portadores de HIV da América Latina

23 novembro 2004 - 15h07

Mais de um terço dos portadores do vírus da Aids na América Latina vivem no Brasil, indica relatório anual do ONUAids, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre o HIV, e da OMS (Organização Mundial da Saúde). Com cerca de 400 milhões de habitantes, a América Latina tem por volta de 1,7 milhão de pessoas portadoras do vírus da Aids (0,43% da população). Cerca de 600 mil casos são no Brasil, que tem 177 milhões de habitantes (0,34% da população está infectada). A epidemia, segundo o relatório divulgado nesta terça-feira, estende-se por todas as regiões do Brasil, mas mostra algumas variações, segundo especialistas. "No começo [a Aids] afetou principalmente a homens que tinham relações sexuais com outros homens e também a usuários de drogas injetáveis, mas agora a epidemia se tornou mais heterogênea", avalia o documento. "A transmissão heterossexual é responsável atualmente por uma proporção crescente das infecções pelo HIV, e as mulheres são cada vez mais afetadas." Segundo o ONUAids, há atualmente cerca de 610 mil mulheres portadoras do vírus da Aids na América Latina. Em 2004, cerca de 95 mil pessoas morreram na região e outras 240 mil foram infectadas pelo HIV. Mesmo assim, o relatório aponta o Brasil como "referência" entre os países em desenvolvimento. "O governo brasileiro introduziu uma iniciativa para identificar mulheres grávidas e oferecer-lhes o teste do HIV, proporcionar serviços para prevenir a transmissão da mãe para o filho e, nos casos pertinentes, tratar as mulheres e os recém-nascidos", relata a OMS, não sem destacar a grande disseminação da doença entre mulheres de baixa renda e pouco acesso a educação. O consumo de drogas também contribui "consideravelmente" na difusão da epidemia. "Em algumas regiões, os usuários de drogas injetáveis constituem no mínimo a metade dos casos de Aids", advertem os autores do documento. No sul do país, alertam, estas pessoas seguem correndo alto risco de infecção.   

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados volta a registrar óbito em decorrência da Covid-19
PANDEMIA
Dourados volta a registrar óbito em decorrência da Covid-19
Lei prioriza gestantes, lactantes, crianças e adolescentes na vacinação contra covid
BRASIL
Lei prioriza gestantes, lactantes, crianças e adolescentes na vacinação contra covid
Unimed Dourados lança novo site para beneficiários e cooperados
SAÚDE & BEM-ESTAR
Unimed Dourados lança novo site para beneficiários e cooperados
Jiboia é capturada em pátio de escola
POLÍCIA
Jiboia é capturada em pátio de escola
Foragidos da justiça são presos em Coxim
POLÍCIA
Foragidos da justiça são presos em Coxim
MS
Trio que era especializado em vender drogas para universitários é preso na fronteira
IMUNIZAÇÃO
Butantan entrega 1,2 milhão de doses da CoronaVac ao governo federal
DOURADOS
Juiz nega liberdade provisória para motorista que matou adolescente atropelado
TESTAGEM EM MASSA
Impacto da vacinação na fronteira apresenta 63% de queda de casos de Covid-19 em MS
CAGED
Dourados fecha semestre com saldo de quase 2,6 mil novas vagas de empregos

Mais Lidas

ACIDENTE DOMÉSTICO
Após discussão com entregador jovem acaba ferido
PEDRO JUAN
'Justiceiros' voltam a atacar na fronteira e matam adolescente
DOURADOS
Motorista que fugiu após atropelar motociclista no centro não possuía CNH
CLIMA
Dourados bate recorde de frio no ano com geada forte