Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(67) 9860-3221

'BBB13': Anamara é eliminada em "Paredão" e voltará como líder

27 janeiro 2013 - 09h32

Anamara foi eliminada com 57% dos votos no "Paredão-pegadinha" deste sábado (26), no Big Brother Brasil 13, e voltará como líder neste domingo (27). A baiana foi a escolhida pelo público - entre uma disputa com Marcello, que entrou no confinamento pela Casa de Vidro -, e encaminhada para um quarto luxuoso, onde terá, segundo o apresentador Pedro Bial "as melhores opções de comida e bebida", e uma TV para assistir a tudo o que acontece na casa.

A ex-policial ficará hospedada no local até a noite de domingo, e depois retornará para a sede com o poder supremo de indicar alguém para um Paredão real, que será realizado na terça-feira (29). Mas, isto ainda é supresa para os brothers, e por causa disso, muitos deles demonstraram profunda tristeza com a saída da colega, a exemplo de Yuri, Fani e Natália. Ao assistir o professor de muay thai chorando, Maroca se solidarizou: "o bichinho tá sofrendo. Não chora, meu irmão. Estou aqui".

Ainda nesta edição, Eliéser pode justificar o voto em Anamara - ele a indicou rapidamente quando foi chamado de surpresa na última sexta-feira (25) e ficou chateado porque "tinha algo importante e plausível para dizer", segundo suas próprias palavras. "As pessoas não percebem, mas ela é calculista e sabe jogar muito bem com todos. Ela trouxe fraquezas minhas da outras edição (Eliéser esteve junto com a baiana no BBB 10) para jogar na cara desta vez".

Antes do anúncio da eliminação, Bial não poupou em seu tradicional discurso, já que precisava representar uma eliminação verdadeira para os participantes. Mas, perspicaz, ele fez jogadas e se utilizou de frases que, para o espectador ciente da falsa exclusão, explicitavam o que estava para acontecer.

"O que eu tenho a dizer é uma espécie de segredo, talvez lembrando que muitas vezes a vida nos engana, que tudo é ilusão. Talvez seja só um sonho ruim, talvez vocês acordem agora desse pesadelo. Talvez este não seja o fim. Posso garantir a você que ao sair por aquela porta, você encontrará outras portas abertas, outros mundos. Talvez uma coisa que parece muito ruim pode ter consequências maravilhosas. Só existe o acaso. Graça e desgraça sao irmãs siamesas. É muito triste dizer isso mais uma vez: vem para cá, Anamara!".

Maroca se despediu dos colegas e caminhou em direção à porta do jardim. Ao contrário do costumeiro, ela foi do corredor escuro direto para o luxuoso cômodo, no qual conversou com Bial também pela TV. Feliz com a notícia de que não foi eliminada e que voltará líder, ela não se conteve e gritou agradecendo o público.

###Entenda a formação do "Paredão-pegadinha"
Pela primeira vez na história do Big Brother Brasil, o programa contou com o "Paredão-pegadinha": uma brincadeira que tirou temporariamente da casa um dos participantes, que retornará após 24h como Líder da semana. No entanto os confinados da 13ª edição só conhecem a primeira parte da novidade.

Para Anamara e Marcello - indicados para a berlinda, respectivamente, pelo atual Líder, Eliéser, e pela somatória de votos dos outros participantes - e todos os outros competidores, o negócio era para valer. Tanto que, durante a tarde deste sábado, quando a produção do reality anunciou que a eliminação ocorreria ainda durante a noite, o personal trainer chorou pela enquanto guardava as roupas em sua mala.

Anamara não foi diferente. Após se descobrir em mais um Paredão, ainda na sexta, a sister caiu em prantos, sendo consolada pelas colegas, que lhe incentivaram a ficar confiante com a disputa, principalmente pelo fato de ela ter vencido Dhomini, campeão do BBB3, no segundo Paredão da atual temporada.

Por pouco Kamilla também não entrou na eliminatória. Sua fala rápida e incontrolável, como ela mesma classifica, aliada às constantes cantorias têm irritado os brothers desde sua entrada no programa. Assim, ela disputou a preferência dos confinados voto a voto com Marcello - a paraense recebeu quatro indicações; o carioca, escolhido pelos colegas principalmente em consequência de suas justificativas ao dar o Poder do Não, cinco.

Já no início da noite, o clima era de tristeza generalizada. Reinaram o silêncio, os soluços de choro e a ansiedade com a "eliminatória" que estava por vir. Até Eliéser, o atual líder, se mostrou preocupado com a possibilidade de precisar emparedar mais um colega no domingo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTADO
Justiça Eleitoral dá início às sessões de julgamento por videoconferência
ESPORTES
Saiba como se exercitar em casa durante a quarentena
RESTRIÇÕES
Comércio da capital volta a funcionar na segunda-feira
BRASIL
Rio terá turnos de trabalho para não lotar transporte público
PREVENÇÃO
Direção Viva alerta sobre importância de higienizar veículos automotores como prevenção contra o Coronavírus
STF
Ministro julga inviável ação do PDT contra suspensão de prazos do Enem 2020
CULTURA
CCBB Educativo disponibiliza acervo digital de arte-educação
BRASIL
Combate à pandemia mobiliza voluntários em diversas frentes
COVID-19
Barreiras sanitárias abordaram 13,6 mil pessoas em MS
MUNDO
Papa inicia Semana Santa com celebração sem presença de fiéis

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações
ISOLAMENTO
Em 24 horas, apenas uma cidade de MS aparece vermelha no monitoramento do Governo
CORONAVÍRUS
Durante fiscalização, Guarda prende nove pessoas e notifica 60 comércios em Dourados
SUMIÇO
Família procura por jovem que está desaparecida desde a última quarta-feira