Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
INTERNACIONAL

Barco vira e mata pelo menos 57 migrantes na Mauritânia

05 dezembro 2019 - 09h01Por Agência Brasil

Pelo menos 57 migrantes morreram quando o barco que as transportava virou ao largo da costa da Mauritânia, anunciou hoje (5) a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Laura Lungarotti, que lidera a OIM na Mauritânia, disse que entre as vítimas há mulheres e crianças.

"Até ao momento estão confirmados 57 mortos e as operações de resgate prosseguem", frisou.

Segundo a mesma fonte, a OIM trabalha com as autoridades da Mauritânia para prestar assistência às pessoas resgatadas.

"Oitenta e três migrantes de Gâmbia sobreviveram ao naufrágio e estamos trabalhando para prestar ajuda e os necessários cuidados médicos", disse.

Safa Msehli, porta-voz da agência de migrações das Nações Unidas, explicou que os sobreviventes informaram que a embarcação partiu da Gâmbia com 150 migrantes a bordo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Foragido da Justiça de 19 anos sofre tentativa de homicídio na fronteira
PRESIDENTE INVESTIGADO
STF tira do plenário virtual discussão sobre depoimento de Bolsonaro
TRÁFICO
Traficante de disk-droga é preso com porções de cocaína, moto e dinheiro
AJUDA
Caixa detalha calendário de pagamentos do auxílio emergencial extensão
CAPITAL
Hóspede é encontrado morto dentro de banheiro de hotel
FUTEBOL
CBF divulga tabela da 16ª à 20ª rodada; Fla fará dois jogos em 50 horas
REGIÃO
Polícia desarticula grupo que agia em cidades da região do Vale do Ivinhema
MADEIRA
Queimadas no Pantanal destroem oito pontes nas MS-243 e MS-195
BONITO
Vítima de estelionato arma emboscada e ajuda a prender golpista
TECNOLOGIA
Aplicativo do Detran-MS recebe atualização para serviços pelo celular

Mais Lidas

POLÍCIA
Comerciante morre em acidente na MS-276
REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Festa com mais de cem pessoas é encerrada no Novo Horizonte