Menu
Busca terça, 27 de julho de 2021
(67) 99257-3397

AQUARELA DO BRASIL

20 julho 2007 - 09h40

Brasil, meu Brasil brasileiro
Meu mulato izoneiro, vou cantar-te nos meus versos...

Caiu outro avião no Brasil. Eu achava que nunca mais veria aquelas cenas de corpos ensacados na calçada. Ou os familiares desesperados nos aeroportos. Ou a expressão aparvalhada, incrédula e impotente dos funcionários da companhia aérea, incapazes de dizer algo além de um número 0800 impossível de conectar... É quando nos sentimos um nada.

O Brasil, samba que dá, bamboleio que faz gingar
O Brasil do meu amor, terra de Nosso Senhor
Brasil, pra mim, pra mim, pra mim...

Brasil pra mim. O meu Brasil. Ah, mas o meu Brasil não é esse, não. Meu Brasil é outro, diferente. Meu Brasil respeita os brasileiros. Meu Brasil sua a camisa trabalhando. Meu Brasil leva as coisas a sério. Meu Brasil não foge à luta. Meu Brasil não abandona os brasileiros à sorte.

Abre a cortina do passado
Tira a mãe preta do cerrado
Bota o rei Congo no congado
Deixa cantar de novo o trovador
A merencória luz da lua
Toda a canção do meu amor...

Meu Brasil não é feito de políticos, empresários, técnicos ou catedráticos. Meu Brasil é feito de homens. Tem honra. Assume as responsabilidades.

Quero ver essa dona caminhando
Pelos salões, arrastando o seu vestido rendado
Brasil, pra mim, pra mim, pra mim...

Pra mim dói, viu? Dói aquela mãe desfalecida no aeroporto, que podia ser a minha. Aquele filho que podia ser o seu. Aquele amigo que podia ser nosso. A tragédia que podia ser evitada... E dói o espetáculo que vem aí... Já vimos esse filme: a culpa não é de ninguém. Como desta vez não temos gringos pra culpar, será do piloto que morreu...

Brasil, terra boa e gostosa
Da morena senhora de olhar indiferente
O Brasil, samba que dá, bamboleio que faz gingar
O Brasil do meu amor, terra de Nosso Senhor
Brasil, pra mim, pra mim, pra mim...

Afinal, o Brasil é o país onde a responsabilidade deixou de existir. Ninguém mais tem culpa de coisa alguma. A culpa é sempre do sistema. É da economia. É da meteorologia. É da física. É da matemática. De uma entidade intangível. Jamais dos homens. Pelo menos não dos que teriam a responsabilidade. Mas seriam esses, homens?

Ô, esse coqueiro que dá coco
Onde amarro a minha rede nas noites claras de luar...

A aquarela desse Brasil tem uma cor só: vermelho. Não o vermelho do partido. Nem o vermelho da vergonha de quem deveria, poderia e evitaria a tragédia. Mas o vermelho do sangue das vítimas do acidente, da bala perdida, do assassino impiedoso, do hospital desaparelhado, da torcida enfurecida.

Ah, ouve essas fontes murmurantes
Onde eu mato a minha sede
E onde a lua vem brincar...

Nunca antes neste país, como na propaganda, tudo o que ouvimos terminou em “ia”: poderia, seria, acharia, mandaria, assumiria, evitaria, contribuiria... Ia, ia, ia... Brasil, essa é tua sina. Tudo aqui “ia”. É o Brasil do Futuro do Pretérito do Indicativo, onde a única certeza é que a incompetência, desonestidade e deboche que terminam em tragédias não se conjugam com “ia”. Se conjugam com “ão”.

Ah, esse Brasil lindo e trigueiro
É o meu Brasil brasileiro
Terra de samba e pandeiro, Brasil, pra mim, pra mim...


...Brasil!

Luciano Pires é jornalista, escritor, conferencista e cartunista. Faça parte do Movimento pela Despocotização do Brasil, acesse www.lucianopires.com.br.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governo libera todas as atividades, mas 'cor da cidade' vai definir limite de ocupações
PANDEMIA
Governo libera todas as atividades, mas 'cor da cidade' vai definir limite de ocupações
Dourados aplicou mais de 180 mil doses de vacinas contra Covid
IMUNIZAÇÃO
Dourados aplicou mais de 180 mil doses de vacinas contra Covid
STJ reverte exclusão de candidato a policial alvo de oito inquéritos e uma ação penal
MS
STJ reverte exclusão de candidato a policial alvo de oito inquéritos e uma ação penal
Homem é flagrado escondendo celulares e relógios em pneu de caminhão na fronteira
REGIÃO
Homem é flagrado escondendo celulares e relógios em pneu de caminhão na fronteira
Uma semana após ficar laranja, Dourados volta a ser pintada de vermelho pelo Prosseguir
PANDEMIA
Uma semana após ficar laranja, Dourados volta a ser pintada de vermelho pelo Prosseguir
PANDEMIA
MS apresenta queda no número de hospitalizados por coronavírus
REGIÃO
Motociclista é preso após realizar manobras perigosas
DOURADOS
Preço da gasolina tem alta de 5,75% com relação ao mês de maio, aponta Procon
DOURADOS
Prefeitura multa empresa contratada para manutenção do PAM
REGIÃO
Polícia encontra droga enterrada e suspeitos de tráfico são presos

Mais Lidas

DOURADOS
Revoltados por morte de adolescente, populares atacam casa de acusado
POLÍCIA
Adolescente de 13 anos morre após ser atropelado no Estela Porã; motorista fugiu
DOURADOS
Homem é esfaqueado na Rua Monte Alegre e encaminhado em estado grave ao HV
ESTRELA PORÃ
Homem que atropelou e matou adolescente de 13 anos é preso em Dourados